Alemanha eleições

Extrema-direita alemã promete “mudar o país”

AfD, partido de extrema-direita alemão. Fotografia:   EPA/CHRISTIAN BRUNA
AfD, partido de extrema-direita alemão. Fotografia: EPA/CHRISTIAN BRUNA

Projeções das televisões alemãs dão 13 a 13,5% dos votos à AfD

O partido de extrema-direita nacionalista e anti-imigração alemão, Alternativa para a Alemanha, prometeu este domingo “mudar o país” e fazer “marcação” à chanceler, no seguimento da entrada no Parlamento e da subida a terceira força política.

“Nós vamos mudar o país, vamos fazer marcação à senhora Merkel, vamos recuperar o nosso país”, disse Alexander Gauland, um dos cabeças de lista do partido, que ganhou entre 13 a 13,5% dos votos nas eleições legislativas que hoje decorreram na Alemanha, segundo as projeções das televisões locais.

A CDU da chanceler Angela Merkel venceu as eleições legislativas de hoje com 33,5% dos votos, seguida dos sociais-democratas do SPD e do partido Alternativa para a Alemanha, de extrema-direita, segundo uma sondagem divulgada pela televisão pública ZDF.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. (Fotografia: RODRIGO ANTUNES/LUSA)

Marcelo pede ao Parlamento que clarifique se quer manter Governo em funções

Fotografia: Benoit Tessier/Reuters

ERC empurra decisão sobre compra da TVI para a AdC

Fernando Gonçalves lidera a lista vencedora das eleições para a Comissão de Trabalhadores da Autoeuropa. Fotografia: Orlando Almeida / Global Imagens

Autoeuropa: Fernando Gonçalves é o novo coordenador da comissão de trabalhadores

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Extrema-direita alemã promete “mudar o país”