Famílias portuguesas gastaram 186 euros por mês no supermercado em 2013

Portugueses compraram menos, mas
Portugueses compraram menos, mas

Os portugueses compraram menos nos supermercados e hipermercados ao longo de 2013. As famílias gastaram 2238 euros em produtos de grande consumo ao longo de 2013, uma média de 186 euros por mês.

Os dados foram divulgados esta terça-feira pela consultora Kantar Worldpanel, que chegou à conclusão que com a crise económica, os comportamentos de consumo em Portugal também estão a mudar.

Apesar de os portugueses irem mais vezes às compras (+1,2%), compram menos produtos (-3,2%) de cada vez que vão ao supermercado.

Veja também: Quais são os super mais baratos

No ano passado, o primeiro semestre foi particularmente violento para o consumo, com uma queda de 3,7% face a igual período de 2012.

No segundo semestre, o cenário melhorou com um crescimento de 0,5%, cenário que se manteve nos dois primeiros meses de 2014, em que o consumo voltou a crescer 0,5%.

Durante o ano passado – e com uma queda do PIB em 1,4% – os supermercados mais afetados com a quebra do consumo foram os de “hard discount” (Aldi e Lidl, por exemplo) que registaram uma queda de 10% do volume de vendas.

O Continente manteve-se na liderança dos supermercados, seguido do Pingo Doce e do Lidl. Por cada 100 quilos de produtos que os portugueses compraram em supermercados, 35,2 quilos foram comprados no Continente (+1% face a 2012). Este valor desceu para os 23,9 quilos no Pingo Doce (+2,5%), e para os 14,6 quilos no Lidl (-1,4%).

Mesmo com a crise, os produtos de marca branca da distribuição, normalmente mais baratos, venderam menos 1,7% face a 2012, num total de 42,5%.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Caixa perdeu 1300 milhões com créditos de grandes devedores

Ursula von der Leyen foi o nome nomeado para presidir à Comissão Europeia. (REUTERS/Francois Lenoir)

Parlamento Europeu aprova Von der Leyen na presidência da Comissão

Christine Lagarde, diretora-geral demissionária do FMI. Fotografia: EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

Christine Lagarde demite-se da liderança do FMI

Outros conteúdos GMG
Famílias portuguesas gastaram 186 euros por mês no supermercado em 2013