Incêndios

“FénixHack”. Evento para criar tecnologia aplicada na gestão de fogos florestais

(Orlando Almeida / Global Imagens)
(Orlando Almeida / Global Imagens)

A cidade de Loulé, no Algarve, vai acolher o evento entre 13 e 15 de julho.

A cidade de Loulé, no Algarve, vai acolher entre 13 e 15 de julho o “FénixHack”, evento que pretende reunir programadores informáticos que desenvolvam tecnologia para ser aplicada na prevenção e combate aos incêndios florestais.

“Trata-se de uma iniciativa pioneira na região algarvia, que consiste numa maratona de 48 horas, para apoiar o desenvolvimento de ideias e de novas soluções que se enquadrem na gestão dos incêndios florestais”, disse à agência Lusa, Inês Boski da organização.

De acordo com a responsável, o “FénixHack” nasceu pela mão de um grupo de cidadãos, que decidiu colaborar para a prevenção e combate aos fogos florestais, “um flagelo que tem assumido dimensões trágicas em Portugal”.

“Queremos contribuir para a prevenção e gestão desse flagelo, juntando estudantes, peritos da indústria, assessores científicos, ativistas e representantes de organismos públicos, num exercício coletivo de criatividade com soluções de prevenção, combate, vigilância e administração”, destacou.

Cerca de 50 programadores informáticos confirmaram já a presença no “FénixHack”, certame que tem o apoio da Secretaria de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural e que vai decorrer na escola secundária de Loulé, no distrito de Faro.

Inês Boski indicou que os projetos e as melhores ideias serão premiadas, sendo posteriormente “acompanhadas por uma rede de mentores, empresas incubadoras e aceleradoras, com vista ao seu desenvolvimento e aperfeiçoamento para que possam ser utilizadas na gestão dos fogos florestais”.

As inscrições para o “FénixHack” são gratuitas e encerram na sexta-feira.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Carlos Costa, Governador do Banco de Portugal

BES: Processos contra Banco de Portugal caem para metade

O primeiro-ministro, António Costa, gesticula durante o debate quinzenal na Assembleia da República, em Lisboa, 19 de março de 2019. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

António Costa: “Portugal vai continuar a crescer acima da média europeia”

Fotografia: MANUEL DE ALMEIDA/ LUSA

Rendas na energia: João Matos Fernandes encontrou “ambiente crispado”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
“FénixHack”. Evento para criar tecnologia aplicada na gestão de fogos florestais