Férias: Um passaporte em 24 horas

ng3091964

O Aeroporto de Lisboa é o primeiro da Europa a contar com a Loja do Passaporte, balcão onde o cidadão pode pedir o documento na hora. No novo balcão passa a estar disponível o passaporte comum português, mas também passa a ser possível solicitar, na hora, um passaporte temporário. Em declarações à agência Lusa, Jarmela Palos, diretor do SEF, disse tratar-se de uma “experiência pioneira, em termos europeus”, que permitirá “agilizar e facilitar a vida de todos aqueles que pretendam viajar e queiram ter acesso a um passaporte”, em tempo útil.

Segundo uma nota do SEF, a medida enquadra-se no “esforço que tem vindo a ser prosseguido pelo Governo e pelo SEF, no sentido de alargar o número de locais onde pode ser requerido e entregue o passaporte, e de melhorar o serviço ao cidadão”.

Na Loja do Passaporte poderão ainda ser levantados os passaportes solicitados com entrega urgente no Aeroporto de Lisboa, uma modalidade já em funcionamento.

Para a formalização desta nova funcionalidade, o SEF e a ANA – Aeroportos de Portugal assinaram um protocolo de cooperação. Jarmela Palos sublinhou que, apesar do caráter experimental da Loja do Passaporte, no Aeroporto de Lisboa – o que regista maior movimento de passageiros a nível nacional – existe a possibilidade de a iniciativa ser alargada a outros aeroportos, designadamente ao Aeroporto Sá Carneiro, no Porto, e ao Aeroporto de Faro.

Além das atribuições no controlo da circulação de pessoas, nos postos de fronteira, assim como na verificação dos requisitos legais relativos à entrada e permanência no território nacional, a concessão do passaporte comum e do passaporte temporário português é também atribuição do SEF.

Através do posto de fronteira do Aeroporto de Lisboa, o SEF tem vindo a assegurar a concessão e emissão de passaporte temporário (cerca de 600, em 2012), assim como a entrega do passaporte eletrónico português, solicitado com caráter de urgência (cerca de 15 mil, em 2012), números de atendimento que, segundo o SEF, demonstram a procura e utilidade deste serviço público e a motivação para o melhorar.

“A inclusão desta valência na área pública da aerogare do Aeroporto de Lisboa, localizado na aérea das partidas internacionais, representa uma mais-valia, na perspetiva do serviço ao cidadão, representando uma inovação que coloca Portugal como pioneiro, em termos de relação da infraestrutura aeroportuária com o utente”, considera o SEF.

O pedido de passaporte – que estava limitado às capitais de distrito, junto dos Governos Civis – passou também a ser possível nas conservatórias, em todos os concelhos, desde 2011.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
fitch rating dívida riscos políticos

Taxa de juro da nova dívida cai para mínimo histórico de 1,8% em 2018

Fotografia: REUTERS/ Carlos Barria

China põe marcas de luxo a bater recordes

notas

Crédito cresce nas famílias mas ainda encolhe nas empresas

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Férias: Um passaporte em 24 horas