Comissão Europeia

Fim das moedas de 1 e 2 cêntimos? Europa quer avançar

moedas euro centimos
(Unsplash)

Presidente da Comissão Europeia deve anunciar medida na apresentação do programa para a UE até 2024 para poupar no fabrico de moedas

A medida promete poupar no fabrico mas também reduzir a burocracia e a morosidade nos pagamentos. A presidente da Comissão, Ursula von der Leyen, deverá mesmo avançar com a remoção de circulação das moedas de um e dois cêntimos, com a moeda mais baixa a passar a ser a de cinco cêntimos. Embora não seja uma ideia nova, a intenção deverá passar a estar no programa da Comissão até 2024.

O jornal alemão Süddeutsche Zeitung indica esta semana que teve acesso ao rascunho dos documentos que consistem o programa de trabalho da Comissão e avança que entre as medidas propostas, está a tal retirada das moedas, incluída na lista de iniciativas para reduzir a burocracia.

E como tudo se processará a nível prática? A proposta admite que se passa a usar “regras uniformes de arredondamento” que permitam usar como moeda de valor mais baixo a de cinco cêntimos. A ideia já existe a nível europeu desde 2018.

Leia também: Conheça as 10 moedas menos valiosas do mundo. Uma ‘fala’ português

A eliminação destes cêntimos permite também economizar os custos de fabricação de moedas de um e dois centavos e o esforço envolvido na contagem e no transporte. Num estudo de 2013 já era referido que a poupança é real. Estimativas mostram que deixar de cunhar estas moedas pode fazer com que Bruxelas poupe 1,4 mil milhões de euros. Das 126 mil milhões de moedas de euro em circulação, cerca de 48% são de um ou dois cêntimos, correspondendo a um total de 61 mil milhões de moedas.

Como obstáculo à concretização deste desejo estão alguns eurodeputados. O alemão Markus Ferber (CSU) já disse que “o que a Comissão está a planear sob o nome inocente de ‘regras de arredondamento uniforme’ deve fazer soar os alarmes”, admitindo que pode estar em causa o desejo de acabar com o dinheiro físico.

Leia também: Há moedas de dois euros a valer mais de 2.000. Tem alguma?

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

AL perdeu quase 3000 casas em Lisboa e Porto. Oferta para arrendar cresce

A  90ª edição da Micam, a feira de calçado de Milão, está agendada para os dias 20 a 23 de setembro, com medidas de segurança reforçadas. Fotografia DR

Calçado. Micam arranca este domingo e até há uma nova marca presente

Os ministros da Presidência do Conselho de Ministros, Mariana Vieira da Silva (C), Economia, Pedro Sia Vieira (E) e do Trabalho Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho (D). MANUEL DE ALMEIDA/POOL/LUSA

Portugal é o quarto país da UE onde é mais difícil descolar do mínimo

Fim das moedas de 1 e 2 cêntimos? Europa quer avançar