Finanças já avaliaram o IMI de 500 mil casas. E vão contratar 900 inspectores

Segundo o Ministério das Finanças, dos 5,4 milhões de prédios urbanos que terão de ser avaliados, o Executivo já concluiu o processo de quase 500 mil. Ou seja, 9,3% do total.

A reaavaliação dos imóveis – uma exigência da troika – arrancou em dezembro e terá de estar concluída até ao final de 2012. Irá abranger todos os prédios urbanos que não tenham sido avaliados desde 2004 e terá como consequência um aumento generalizado do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI).

Feita a avaliação, o valor é enviado aos proprietários que, caso não concordem, têm 30 dias para pedir uma segunda avaliação. Prevendo-se um possível número elevado de recursos, o Governo irá contratar mais 900 inspetores para acelerar o processo de avaliação. Técnicos que, segundo o Executivo, necessitarão de uma formação inferior a um mês.

No primeiro Memorando de Entendimento, a troika estimava que a reavaliação dos imóveis e consequente aumento do IMI poderia fazer entrar mais 150 milhões de euros nos cofres do Estado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: REUTERS/Albert Gea

Crise na Catalunha não afecta BPI

António Ramalho, presidente do Novo Banco

Novo Banco coloca PME como prioridade

Foto: Filipe Amorim / Global Imagens

Quem é Siza Vieira, o conselheiro de Costa que passa a ministro

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Finanças já avaliaram o IMI de 500 mil casas. E vão contratar 900 inspectores