Finanças já avaliaram o IMI de 500 mil casas. E vão contratar 900 inspectores

Segundo o Ministério das Finanças, dos 5,4 milhões de prédios urbanos que terão de ser avaliados, o Executivo já concluiu o processo de quase 500 mil. Ou seja, 9,3% do total.

A reaavaliação dos imóveis – uma exigência da troika – arrancou em dezembro e terá de estar concluída até ao final de 2012. Irá abranger todos os prédios urbanos que não tenham sido avaliados desde 2004 e terá como consequência um aumento generalizado do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI).

Feita a avaliação, o valor é enviado aos proprietários que, caso não concordem, têm 30 dias para pedir uma segunda avaliação. Prevendo-se um possível número elevado de recursos, o Governo irá contratar mais 900 inspetores para acelerar o processo de avaliação. Técnicos que, segundo o Executivo, necessitarão de uma formação inferior a um mês.

No primeiro Memorando de Entendimento, a troika estimava que a reavaliação dos imóveis e consequente aumento do IMI poderia fazer entrar mais 150 milhões de euros nos cofres do Estado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
euronext

“Enquanto não houver alteração de rating é difícil atrair investidores”

Manuel de Lemos, presidente da União das Misericórdias Portuguesas

Misericórdias preparam candidatura ao plano Juncker

Mário Centeno. Fotografia: Orlando Almeida/Global Imagens

Governo mostra aos mercados que aguenta ‘desmame’ do BCE

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Finanças já avaliaram o IMI de 500 mil casas. E vão contratar 900 inspectores