Fitch mantém rating de Portugal. A perspetiva é estável.

A agência de notação financeira prevê um défice mais elevado do que o governo. A economia vai abrandar em 2019 e 2020.

A agência de notação financeira manteve o rating de Portugal em BBB, com perspetiva estável. A classificação de triplo B corresponde a um nível acima do grau de investimento especulativo, ou seja, "lixo".

Na análise que acompanha a avaliação, a Fitch afirma que "o ciclo económico de Portugal atingiu o pico em 2017, quando o o produto interno bruto (PIB) cresceu 2,8%. Seguiu-se um abrandamento gradual nos primeiros três trimestres de 2018", sublinha a agência de notação, prevendo "uma desaceleração da economia em 2019 e 2020." A Fitch alerta ainda para "sinais de aumento da pressão salarial e dos preços".

Em relação ao défice, a agência de notação está também mais pessimista que o governo, colocando-se ao lado da Comissão Europeia. "De acordo com o orçamento do governo, o défice diminuirá para 0,2% do PIB em 2019, após uma previsão de 0,7% do PIB em 2018. A Fitch e a Comissão Europeia preveem um défice um pouco mais elevado para 2019 de 0,5%, devido principalmente a maiores despesas esperadas antes das eleições legislativas do próximo ano", antevê a agência de notação.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de