mobilidade

França vai proibir circulação de trotinetas elétricas nos passeios das cidades

( Jorge Amaral/Global Imagens )
( Jorge Amaral/Global Imagens )

O governo francês anunciou que vai proibir a circulação de trotinetas elétricas nos passeios nas cidades a partir de setembro, que passa a estar sujeita a uma multa de 135 euros.

Numa entrevista ao jornal francês Le Parisien, a ministra dos Transportes francesa, Elisabeth Borne, defende que a evolução da circulação de trotinetas, que invadiram as ruas das grandes cidades francesas nos últimos meses, “foi muito rápida e anárquica”.

Assim, e por a “lei da selva” ter passado a vigorar, a circulação das trotinetas vai passar a estar enquadrada num conjunto de regras para que “os peões não tenham mais de se raspar nos muros”, adiantou a ministra, explicando que estas novas regras serão aplicadas aos “engenhos de deslocação pessoal motorizados” (EDPM), que incluem as trotinetas elétricas e outros.

Com as novas regras, os utilizadores destes veículos alternativos deverão circular nas cidades nas ciclovias ou nas estradas, enquanto nos passeios o veículo deve ser levado à mão com o motor desligado.

Fora das cidades, a circulação deste tipo de veículos será proibida na estrada e limitada às vias verdes e ciclovias.

Em termos de idades, para conduzir estes veículos será necessário ter um mínimo de oito anos e o transporte de passageiros será proibido, bem como a utilização de auscultadores. Os utilizadores com menos de 12 anos vão ter de utilizar capacete como para andar de bicicleta.

As regras também impõem que os veículos estejam equipados com luzes à frente e atrás, dois travões e uma buzina.

Como a França, o Peru decidiu recentemente banir dos passeios as trotinetas elétricas e numerosas cidades regulamentaram a utilização destes veículos, apresentados pelos apoiantes como um meio de transporte ecológico mas que causam cada vez mais acidentes.

Pelo menos 1.500 pessoas receberam tratamentos na sequência de acidentes com trotinetas elétricas nos Estados Unidos desde o final de 2017, anunciou em fevereiro uma organização de defesa do consumidor.

Barcelona, esmagada pelo turismo de massas, baniu totalmente o aluguer de trotinetas em auto serviço.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ensino profissional é uma das áreas em que Portugal se posiciona pior na tabela do IMD World Talent Ranking 2019. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal é 23º no ranking mundial de talento. Caiu seis posições

O ensino profissional é uma das áreas em que Portugal se posiciona pior na tabela do IMD World Talent Ranking 2019. Fotografia: Miguel Pereira/Global Imagens

Portugal é 23º no ranking mundial de talento. Caiu seis posições

Foto: D.R.

TAP soma prejuízos de 111 milhões até setembro. E vai contratar mais 800 pessoas

Outros conteúdos GMG
França vai proibir circulação de trotinetas elétricas nos passeios das cidades