Imobiliário

Franceses da Frey compram dois centros comerciais no Algarve por 179 milhões

AlgarveShopping  1

Grupo francês anunciou a aquisição do Algarve Shopping e do Albufeira Retail Park.

É a estreia em Portugal de mais um grupo de investidores franceses. A empresa de gestão de imobiliário FREY comprou o complexo algarvio de comércio de retalho que engloba o Algarve Shopping e o Albufeira Retail Park por 179,3 milhões de euros, revelou esta sexta-feira a imobiliária JLL, que mediou o negócio.

A aquisição foi feita a um fundo gerido pela CBRE GIP e a Sonae Sierra, que vai manter-se como gestora dos centros comerciais.

Numa nota enviada às redações, a FREY é descrita como uma “entidade que atua no desenvolvimento, promoção, investimento e gestão imobiliária, com uma forte especialização em centros comerciais ao ar-livre”.

Os franceses têm planos para renovar o complexo de 60 mil metros quadrados que abrange os dois centros comerciais. “A estratégia de criação de valor pode ainda passar por uma nova fase de expansão, identificando-se um potencial de crescimento de nove mil metros quadrados de Área Bruta Locável”, lê-se na nota.

Citado no comunicado, Fernando Ferreira, responsável pela área de Capital Markets da JLL, sublinha que o negócio “é uma das maiores operações de investimento do ano à data e reflete a vitalidade do mercado português, não só pelo facto de atrair um novo investidor, como pela dimensão do negócio e por envolver um ativo troféu”.

A JLL garante que o espaço tem uma ocupação de quase 100% e recebe mais de 7,5 milhões de visitantes por ano. O espaço fatura 14,3 milhões de euros líquidos por ano em rendas.

Numa nota publicada no site da FREY, o CEO Antoine Frey destaca que o complexo algarvio “é um ativo de elevada qualidade que combina um elevado rendimento permanente e um potencial significativo de criação de valor, através da sua renovação e expansão”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Centeno, ministro das Finanças e presidente do Eurogrupo. Fotografia: EPA/STEPHANIE LECOCQ

Peso da despesa com funcionários volta a cair para mínimos em 2020

26/10/2019 ( Nuno Pinto Fernandes/ Global Imagens )

Conselho de Ministros aprovou Orçamento do Estado

Marcelo Rebelo de Sousa, Christine Lagarde e Mário Centeno. Fotografia: MIGUEL FIGUEIREDO LOPES/LUSA

Centeno responde a Marcelo com descida mais rápida do peso da dívida

Outros conteúdos GMG
Franceses da Frey compram dois centros comerciais no Algarve por 179 milhões