Função Pública

Função Pública. Aumentos de 2020 com base na inflação de 2019

Mário Centeno, ministro das Finanças. Foto:  André Kosters/LUSA
Mário Centeno, ministro das Finanças. Foto: André Kosters/LUSA

A inflação prevista para o próximo ano é de 1,6%, a inflação em outubro estava nos 0,4%

O Governo prepara-se para aumentar os salários da Função Pública em 2020 tendo por base a inflação de 2019. A notícia é avançada pelo Jornal de Negócios que dá conta que, “ao contrário do que era prática antes do congelamento das remunerações”, o indicador de referência para os aumentos nos salários do Estado “não será a previsão da variação de preços do próximo ano, mas sim a deste ano”.

A diferença é significativa. É que a inflação prevista para o próximo ano é de 1,6% nas contas do Governo – 1,1% segundo a Comissão Europeia -, quando, em outubro, a inflação média dos últimos 12 meses estava nos 0,4%.

“A margem que existe para 2020, após paga a prestação da recuperação do congelamento das carreiras (na ordem dos 500 milhões de euros), é suficiente para aumentar os salários à margem da inflação que hoje se observa. Nos anos seguintes, o esforço de recuperação das carreiras diminui significativamente, passando a valer pouco mais de 200 milhões de euros”, disse já o ministro das Finanças, Mário Centeno, em conferência de imprensa.

O Negócios garante que o indicador exato a usar para definir o aumento da Função Pública em 2020 ainda não está definido e que será um dos temas quentes das negociações com o Bloco de Esquerda e com o PCP, nas assegura que “já está decidido que não será usada a inflação prevista para o próximo ano”. Os sindicatos “vão contestar essa opção”, diz. A Federação dos Sindicatos da Administração Pública (Fesap) já avisou que não concorda com aumentos em linha com a inflação. Reclama uma atualização de 3,5%.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Mário Centeno

Centeno volta a cativar mais dinheiro

Natalidade. Fotografia: Pedro Granadeiro / Global Imagens

Despesa com apoios à família é a quinta mais baixa da UE

Greve dos estivadores do Porto de Setúbal.

Estivadores de Setúbal anunciam greves parciais mas poupam Autoeuropa

Função Pública. Aumentos de 2020 com base na inflação de 2019