Função Pública

Função Pública: Centeno afasta aumento de salários até fim da legislatura

Fotografia: Mário Cruz/Lusa
Fotografia: Mário Cruz/Lusa

"O que está no programa do Governo é o descongelamento das carreiras", reafirma Mário Centeno

Não há aumentos salariais na Função Pública até ao final da legislatura. A garantia é do ministro das Finanças, Mário Centeno, em entrevista dada à Antena1 esta segunda-feira. Centeno apenas compromete-se com o descongelamento das carreiras no Estado.

“O que está no programa do Governo é o descongelamento das carreiras. Não temos prevista atualização de tabelas na Função Pública. Descongelamento de carreiras é crucial para a Função Pública”, adiantou o ministro das Finanças.

Para Centeno, “muito antes da Europa, é a economia e a sociedade portuguesas que esperam do Governo uma trajetória de acordo com o princípio de contas equilibradas, num contexto de mudanças políticas. Não seria admissível neste momento que a trajetória fosse alterada”.

As declarações de Mário Centeno surgem uma semana depois de saber-se que os ministros das Finanças da zona euro vão propor saída do país do Procedimento por Défice Excessivo.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ex-presidente do BES, Ricardo Salgado, à saída do Tribunal de Santarém. Fotografia: PAULO CUNHA/LUSA

Tribunal declara nula acusação de BdP contra Salgado e Amílcar Pires

Mario Drahi, presidente do Banco Central Europeu. Fotografia: Banco Central Europeu

BCE mantém taxas de juro em zero e estímulos até setembro

João Cadete de Matos, presidente da Anacom

Fotografia: Vítor Gordo/D.R.

Anacom analisa exigência do serviço universal postal

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Conteúdo TUI
Função Pública: Centeno afasta aumento de salários até fim da legislatura