Riqueza

16 mil euros por metro quadrado. Conheça zona mais cara do mundo

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Cada metro quadrado chega a alcançar os 16.216 euros. Conheça The Peak, em Hong Kong, a zona mais cara do mundo.

Todas as cidades têm na sua vizinhança aquela zona que é sinónimo de riqueza. Nova Iorque tem a Quinta Avenida, Londres tem Kensington, Miami tem South Beach e Portugal a Avenida da Liberdade, considerada a 35ª avenida mais cara do mundo.

Já Hong Kong tem The Peak, um bairro repleto de requinte e a exclusividade. Considerada este ano pela oitava vez consecutiva a cidade do mundo onde a habitação é menos acessível, Hong Kong, vence no que diz respeito ao mundo dos imóveis de luxo. A zona está na mira de vários bilionários chineses que procuram um lugar para investir ou para simplesmente tirar uns dias de descanso longe da poluição e agitação da metrópole. The Peak acolhe banqueiros, magnatas do mundo dos negócios e celebridades.

Em 2015 surgiram rumores de que o fundador do Alibaba, Jack Ma, havia adquirido uma mansão, que estaria avaliada em 158 milhões de euros, no entanto essa informação nunca chegou a ser confirmada.

Já em abril passado um comprador não identificado quebrou um recorde no setor imobiliário Asiático, ao comprar um propriedade com 9.217 metros quadrados no The Peak, por cerca de 150 milhões de euros, o que representa uns inacreditáveis 16.216 euros por metro quadrado.

Conheça na fotogaleria em cima a zona mais cara do mundo.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Caixa perdeu 1300 milhões com créditos de grandes devedores

Ursula von der Leyen foi o nome nomeado para presidir à Comissão Europeia. (REUTERS/Francois Lenoir)

Parlamento Europeu aprova Von der Leyen na presidência da Comissão

Christine Lagarde, diretora-geral demissionária do FMI. Fotografia: EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

Christine Lagarde demite-se da liderança do FMI

Outros conteúdos GMG
16 mil euros por metro quadrado. Conheça zona mais cara do mundo