Brasil

Bolsonaro promete “construir sociedade sem discriminação ou divisão”

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Num dos maiores esquemas de segurança da história do Brasil, Jair Bolsonaro tomou posse como 38º presidente do país.

Protegido por 3200 agentes da polícia, 2600 deles da polícia militar e os restantes da polícia federal, da polícia civil e da polícia de segurança rodoviária, Jair Bolsonaro tomou posse como 38º presidente do país. Bolsonaro dividiu o seu primeiro discurso como presidente oficial do Brasil nos três eixos que pautaram a sua campanha.

O económico, onde sublinha conceitos como eficiência, meritocracia, austeridade e livre mercado; o social, em que, embora fale em respeito religioso, lembra a tradição judaico-cristã do país, e em que, apesar de dizer desejar uma sociedade sem discriminação, afirma pretender combater a ideologia de género: e o político, ao voltar a falar na crise ética dos dirigentes nacionais, indicando que a luta contra a corrupção é um fundamento do seu executivo.

Leia mais no DN.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Taça Portugal - Benfica vs Sporting

Benfica encaixa 50 milhões. SAD fala em “capacidade acrescida de tesouraria”

A ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva ,à chegada para a reunião da Comissão Permanente de Concertação Social, em Lisboa, 26 de fevereiro de 2020. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Governo mantém todas as restrições na Grande Lisboa por mais 15 dias

Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, (MIGUEL A. LOPES/LUSA)

Governo exige que Bélgica retire Alentejo e Algarve de zonas arriscadas

Bolsonaro promete “construir sociedade sem discriminação ou divisão”