Poupança

DECO. Quanto poupa no supermercado no seu distrito?

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Porto, Faro e Vila Real são os distritos com maiores poupanças, de acordo com o cabaz de produtos analisado pela DECO. Jumbo é o mais barato.

De acordo com a mais recente pesquisa levada a cabo pela DECO, é no distrito do Porto que a procura das famílias pelo supermercado mais barato compensa mais ao final do ano. “Aqui, a poupança pode chegar aos 228 euros anuais, numa família que gaste todos os meses 150 euros em compras, ou ultrapassar os 600 euros para um consumo anual de 400 euros por mês”, revela a associação de defesa do consumidor.

Logo a seguir ao Porto, Faro é o distrito que mais se destaca na possibilidade de poupança nas compras do supermercado, com menos 223 euros na fatura anual para compras de 150 euros por mês, e menos 596 euros anuais para quem gaste 400 euros em compras todos os meses. Vila Real surge no terceiro lugar da tabela e Lisboa surge apenas no sétimo lugar dos distritos com maior poupança. No outro extremo, Santarém é onde as famílias podem poupar menos no supermercado.

Para chegar a estas conclusões, a DECO PROTESTE recolheu 86.491 preços em 483 lojas de todo o país, entre janeiro e abril de 2017, para um cabaz com 243 produtos dos mais vendidos em supermercado, nas diferentes categorias entre frescos, congelados, mercearia e produtos de higiene pessoal e do lar, incluindo marcas de fabricante (62%) e marcas próprias de gama média de cada uma das lojas (38%), seguindo as tendências de consumo em Portugal.

“Porto, Faro e Vila Real são os distritos onde registámos as poupanças mais significativas, atendendo ao cabaz de produtos que serviu de referência a este estudo”, refere a DECO PROTESTE.

Diz a associação de defesa do consumidor em comunicado que este estudo é ponderado com base nas despesas dos portugueses em supermercado, segundo as contas provisórias do INE relativas ao ano de 2015/16. Ou seja, em análise estiveram os produtor que chegam com mais frequência aos lares dos consumidores portugueses, segundo as estatísticas mais recentes.

Da mesma forma, e para definir o ranking das cadeias se supermercados mais baratas em Portugal, a DECO analisou aquelas que figuram em, pelo menos, 10 distritos na amostra considerada. “E o mais barato é… o Jumbo, revela o nosso mais recente estudo de preços de supermercados. Mas por pouca diferença face ao Continente, concluímos também. As duas cadeias praticam preçários muito aproximados ao longo das quatro estações, mas o Jumbo recuperou, por agora, o título de campeão dos preços baixos”, revela a DECO PROTESTE na sua edição de junho.

Apesar de não estar presente em todos os distritos do país, ainda assim o Jumbo consegue quase sempre ser a cadeia mais barata naqueles onde tem portas abertas, diz a DECO. O top 7 dos supermercados mais baratos inclui assim o Continente Modelo em 2º lugar e o Continente em 3º, seguidos pelo Lidl, Pingo Doce, Intermarché e Minipreço.

E porque “não há estudo algum que consiga apontar o supermercado mais barato para as compras de todas as famílias, até porque os cabazes que entram na casa de cada uma estão longe de serem iguais”, a DECO desenvolveu um comparador online no qual os consumidores podem encontrar a cadeia mais barata no seu distrito, nos 78 concelhos que serviram de amostra a este estudo. O comparador está disponível em www.deco.proteste.pt/supermercado.

 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
A presidente do Conselho das Finanças Públicas, Teodora Cardoso. TIAGO PETINGA/LUSA

Teodora Cardoso alerta para controlo da despesa na saúde

No segundo trimestre deste ano, o aeroporto de Lisboa movimentou 7,7 milhões de passageiros.

Aeroporto de Lisboa recebe mais de 7 milhões de turistas no segundo trimestre

António Ramalho (Novo Banco), Luís Pereira Coutinho (Banco Postal), Nuno Amado (BCP) e António Vieira Monteiro (Santander Totta). Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

Transferências bancárias imediatas sim, mas com custos

Outros conteúdos GMG
DECO. Quanto poupa no supermercado no seu distrito?