estudo

Estas são as 10 cidades mais baratas do mundo para viver

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

A capital da Síria, Damasco, é agora considerada a cidade mais barata do mundo. Segue-se logo a seguir Caracas, capital da Venezuela, na 132ª posição

É no continente asiático que estão alguns dos maiores contrastes do mundo. Se por um lado é no Oriente que está a cidade mais cara do globo, é também a Ásia que domina o ranking das cidades onde a vida é mais barata.

Segundo o estudo de 2018 da Economist Intelligence Unit, entre as dez cidades mais baratas do mundo, seis são asiáticas. Apenas uma se situa na Europa.

No espaço de um ano, a composição do ranking alterou-se de forma significativa, e pelos piores motivos. A cidade de Almaty, no Cazaquistão, ocupava a última posição no ano passado entre as 133 cidades analisadas, mas este ano ficou em antepenúltimo.

A capital da Síria, Damasco, é agora considerada a cidade mais barata do mundo. Segue-se logo a seguir Caracas, capital da Venezuela, na 132ª posição.

Damasco caiu 14 lugares no ranking no espaço de 12 meses, apesar de a inflação de 2017 ter ficado nos 28%. No entanto, a desvalorização da moeda síria devido à guerra ditou a queda para o último lugar.

Já Caracas caiu 13 posições no ranking devido à sobrevalorização cambial na Venezuela.

A Índia tem três cidades entre as mais baratas para viver: Bangalore, Chennai e Nova Deli. Apesar do rápido crescimento económico do país, o salário per capita e o aumento das despesas continuam em níveis muito reduzidos, e as desigualdades ainda são norma.

Tal como salienta o estudo, a instabilidade política ou económica é um dos principais fatores que determinam se uma cidade é ou não barata para viver. “Existem consideráveis fatores de risco em algumas das cidades mais baratas do mundo”, lê-se no documento, que dá o exemplo da insegurança e dos riscos políticos de cidades como Argel, na Argélia, ou Lagos, na Nigéria.

A conclusão? “As cidades mais baratas tendem também a ser as menos habitáveis”.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Carlos Costa, Governador do Banco de Portugal. Fotografia: Gustavo Bom / Global Imagens

Carlos Costa avisa para riscos de euforia no mercado imobiliário

Faria de Oliveira, presidente da APB. Fotografia: Diana Quintela/Global Imagens)

Faria de Oliveira: Banca nacional teve legislação mais difícil que pares da UE

Imobiliário

Venda de casas subiu 20% no primeiro semestre

Outros conteúdos GMG
Estas são as 10 cidades mais baratas do mundo para viver