Imobiliário

Investimento de 80 milhões vai criar escritórios e hotel Marriot em Carnaxide

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Projeto do The Edge Group e do grupo Ceetrus deverá ser inaugurado no segundo semestre de 2021.

As obras ainda não começaram mas já há interessados no espaço que vai nascer em Carnaxide. Chama-se Cinco District e é um projeto conjunto de dois investidores: o grupo português The Edge Group e a Ceetrus, empresa de imobiliário do grupo Auchan, que no ano passado comprou os Fóruns Sintra e Montijo.

Os dois grupos juntaram-se para conceber um centro empresarial às portas de Lisboa que vai combinar escritórios, retalho e um hotel de quatro estrelas. O investimento total será de 80 milhões de euros e a obra deverá estar concluída no segundo semestre de 2021.

Na apresentação do empreendimento, que teve lugar esta quinta-feira, os responsáveis revelaram que o projeto consiste em dois edifícios de escritórios horizontais e uma torre de 80 metros e 20 andares.

No total, vão nascer naquela zona 31 mil metros quadrados de escritórios. O espaço completo inclui ainda uma praça com jardim aberta ao público, que terá 38 mil metros quadrados, e um parque de estacionamento com 1100 lugares.

Os responsáveis pelo projeto estimam que o espaço terá capacidade para albergar três mil trabalhadores nas empresas que ali se instalarem. O projeto em si criará 150 postos de trabalho.

A licença de construção já foi levantada pelos promotores e a obra deverá arrancar após o verão. O atelier de arquitetura Chapman Taylor ganhou o concurso internacional e ficará a cargo da obra.

Foto: The Edge Group e Ceetrus

Foto: The Edge Group e Ceetrus

O terreno foi comprado pelo The Edge Group há já “vários anos”, revelou José Luís Pinto Basto, CEO do grupo. O projeto inicial não previa a construção de um hotel. Este só foi incluído após reuniões com o executivo de Isaltino Morais, presidente da Câmara de Oeiras, que salientou a falta de unidades hoteleiras daquela zona.

Após um concurso internacional, ao qual concorreram “vários grandes grupos”, o projeto foi atribuído ao grupo Marriot, que ali instalará uma unidade de quatro estrelas do segmento business.

Das reuniões com a Câmara também surgiram conversas sobre as acessibilidades da zona. Sendo a A5 a estrada “com mais carros do país”, será construído um túnel que passará por baixo da autoestrada para que o acesso ao empreendimento seja mais rápido. Estão também a ser feitos contactos com as operadoras de transportes públicos para melhorar os serviços.

Os dois grupos sublinharam que o projeto nasceu para responder à escassez de escritórios que se vive na grande Lisboa, havendo já manifestações de interesse pelos espaços que ali vão nascer. O Cinco District será inaugurado com a ocupação a 100%, garantiram.

“Além do projeto imobiliário queremos criar uma experiência nova, que seja uma projeção das necessidades futuras do trabalho”, afirmou Mário Costa, CEO da Ceetrus Portugal. É por isso, adiantou, que o espaço terá uma zona aberta ao público que será dinamizada com eventos. Os edifícios terão sustentáveis, com isolamento térmico natural e utilização da água da chuva para a rega.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Paulo Neto Leite, CEO da Groundforce.

Ministério Público acusa Groundforce de discriminação com prémios de 2017

Fotografia: Leonardo Negrão/Global Imagens

Leis laborais revistas quase sem desvios ao acordo de Concertação Social

Ursula von der Leyen foi o nome nomeado para presidir à Comissão Europeia. (REUTERS/Francois Lenoir)

Parlamento Europeu aprova Von der Leyen na presidência da Comissão

Outros conteúdos GMG
Investimento de 80 milhões vai criar escritórios e hotel Marriot em Carnaxide