IRS 2019

IRS: Declaração automática em 6 passos e reembolso em 15 dias

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Tem até 25 de fevereiro para validar as suas faturas no e-Fatura.

Este ano, os titulares de Planos Poupança-Reforma (PPR) já podem aceder à declaração automática, que garante um reembolso em 15 dias.

Para usar este método de entrega, é preciso reunir duas condições, diz a Deco: receber rendimentos exclusivos de trabalho dependente (categoria A) ou de pensões (categoria H) e não ter acesso benefícios fiscais (à exceção de donativos e PPR) ou pensões de alimentos.

Leia também: O que muda na entrega da declaração de IRS em 2019

Para saber se está abrangido pela entrega automática tem de aceder ao Portal das Finanças, fazer login com a sua senha de identificação, entrar em “A minha área” e clicar em “IRS”. Se não estiver incluído no IRS automático terá uma mensagem a informá-lo dessa situação.

A Deco deixa-lhe seis passos para usar a declaração automática. Conheça na galeria (ou clique aqui) e saiba quais são.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O governador do Banco de Portugal, Carlos Costa. (Fotografia: Mário Cruz/ Lusa)

Carlos Costa: “Não participei nos 25 grandes créditos que geraram perdas” à CGD

Pedro Granadeiro / Global Imagens

Reclamações. Anacom acusa CTT de divulgar informação enganosa

Paulo Macedo, presidente da CGD

CGD cumpre “com margem significativa” requisitos de capital do BCE

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
IRS: Declaração automática em 6 passos e reembolso em 15 dias