Felicidade

Ranking mundial da felicidade. Da Dinamarca até ao Burundi

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

Dinamarca é o país mais feliz do mundo, enquanto o Burundi o menos, segundo o novo estudo.

O 4º Relatório Mundial da Felicidade, da responsabilidade da Rede para um Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas, divulgado esta quarta-feira, conclui ainda que, em alguns casos, os países com desigualdades sociais também podem ser felizes.

Portugal ocupa, este ano, o 94º lugar neste ranking mundial, quando, em 2014, estava na 88ª posição.

A Suíça, Islândia, Noruega e Finlândia, que tal como a Dinamarca, têm sólidos sistemas de segurança social perfazem o Top 5.

No fim da lista de 156 países analisados, está o Burundi, que pontua menos do que a Síria, cuja guerra civil já matou mais de 250 mil pessoas nos últimos cinco anos.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
precários jovens licenciados

Jovens, precários e licenciados pagam ajustamento laboral da pandemia

Utentes à saída de um cacilheiro da Transtejo/Soflusa proveniente de Lisboa, em Cacilhas, Almada. MÁRIO CRUZ/LUSA

Salário médio nas empresas em lay-off simplificado caiu 2%

Uma funcionária transporta máscaras de proteção individual na fábrica de confeções Petratex, em Carvalhosa, Paços de Ferreira, 27 de abril de 2020. HUGO DELGADO/LUSA

Mais de 60% dos “ausentes” do trabalho são mulheres

Ranking mundial da felicidade. Da Dinamarca até ao Burundi