Imobiliário

Segurança Social tem para arrendar T2 em leilão por 1150€ no mínimo

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

A Segurança Social colocou em leilão o arrendamento de um apartamento com dois quartos em Lisboa, na zona de Belém, por um valor base de 1150 euros – mensalidade esta que está sujeita a ofertas superiores.

“O imóvel está localizado em zona nobre da cidade de Lisboa, próximo do Bairro do Restelo e do centro de Algés”, pode ler-se no anúncio publicado no site do Património Imobiliário da Segurança Social. O leilão teve início a 30 de maio e termina a 20 de junho.

O apartamento “beneficia de uma boa localização, com todo o tipo de comércio, serviços, transportes públicos (terminal rodoviário e estação de comboios de Algés) e bons acessos (Avenida Marginal e CRIL)”, segundo a descrição.

Trata-se de um “apartamento T2 remodelado, situado no 2º andar de prédio sem elevador”, na rua Damião de Góis n. 11 (pode ver nas imagens no início do texto). O imóvel com 100 m2 de área é “constituído por hall, sala, dois quartos, cozinha, casa de banho, marquise e duas despensas”.

Através do referido site da Segurança Social é possível agendar uma visita ao apartamento. Até à hora de publicação deste artigo, o imóvel ainda não tinha sido licitado.

Numa pesquisa no mesmo portal, este é o único apartamento para arrendar em todo o país.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ministro das Finanças, Mário Centeno, na apresentação do Orçamento do Estado para 2019. 16 de outubro de 2018. REUTERS/Rafael Marchante

Bruxelas envia carta a Centeno a pedir o triplo do esforço orçamental

lisboa-pixabay-335208_960_720-754456de1d29a84aecbd094317d7633af4e579d5

Estrangeiros compraram mais de mil imóveis por mais de meio milhão de euros

João Galamba (secretário de estado da energia) , João Pedro Matos Fernandes (Ministro para transição energética) e António Mexia  (EDP) durante a cerimonia de assinatura de financiamento por parte do Banco Europeu de Investimento (BEI) da Windfloat Atlantic. Um projecto de aproveitamento do movimento eólico no mar ao largo de Viana do Castelo.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Mexia diz que EDP volta a pagar a CESE se governo “cumprir a sua palavra”

Outros conteúdos GMG
Segurança Social tem para arrendar T2 em leilão por 1150€ no mínimo