Ranking

Estas 10 cidades têm as casas mais caras do mundo

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

As cidades mais caras para se viver em 2019 foram reveladas num estudo da consultora Demographia sobre o acesso à habitação.

O estudo realizado pela Demographia, uma consultora americana, analisou mercados imobiliários em 309 áreas metropolitanas – incluindo 91 mercados com populações acima de um milhão, e três megacidades, Nova Iorque, Londres e Los Angeles, com mais de 10 milhões de habitantes – em oito países do mundo – Austrália, Canadá, Hong Kong, Irlanda, Nova Zelândia, Singapura, Reino Unido e Estados Unidos.

Para produzir o ranking mundial, a pesquisa teve como base a análise dos dados do terceiro trimestre de 2018, usando a abordagem do preço médio das casas dividido pelo rendimento familiar médio, mostrando que os maiores “mercados imobiliários inacessíveis” estão na Austrália, Nova Zelândia e China.

Descubra quais são as 10 cidades mais caras para se viver em todo o mundo em 2019.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.
Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa Fotografia: Rodrigo Cabrita / Global Imagens

Medidas do Banco de Portugal para travar riscos no imobiliário são “adequadas”

Lisboa Fotografia: Rodrigo Cabrita / Global Imagens

Medidas do Banco de Portugal para travar riscos no imobiliário são “adequadas”

O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Finanças destacam período de crescimento mais sustentável das últimas décadas

Outros conteúdos GMG
Estas 10 cidades têm as casas mais caras do mundo