combustíveis

Gasolina desce de novo na próxima semana, gasóleo mantém preço

Combustíveis

Abastecer o carro na bomba é hoje mais barato do que há um ano (menos 3,5 cêntimos no gasóleo e menos 8 cêntimos na gasolina).

O Golfo Pérsico está a ferro e fogo, com o ataque a dois petroleiros a fazer subir de tom as acusações entre os EUA e o Irão e a fazer disparar os preços do barril de petróleo, mas para já esse fenómeno não se vai fazer sentir diretamente na carteira dos portugueses.

Abastecer o carro na bomba é hoje mais barato do que há um ano (menos 3,5 cêntimos no gasóleo e menos 8 cêntimos na gasolina), uma tendência de poupança que se manterá, pelo menos, por mais uma semana, com os preços dos combustíveis a descerem 0,5 cêntimos na gasolina simples 95 já a partir da próxima segunda-feira, 17 de junho, e a manterem-se estáveis no gasóleo, segundo disseram fontes do setor ao Dinheiro Vivo.

Olhando para os valores da Direção Geral de Energia e Geologia, isto significa que os preços da gasolina simples 95 se deverão fixar nos 1,519 euros por litro (os mais reduzidos desde abril, mostram os dados da DGEG), depois de na semana passada terem estado a 1,524 euros.

Apesar de esta ser a terceira descida consecutiva, a ligeira queda desta semana será bem menor que o trambolhão de 4,6 cêntimos (de 1,570 para 1,547 euros por litro) sentido na passada segunda-feira, 10 de junho, de acordo com os números oficiais da DGEG.

No entanto, algumas marcas foram mais longe e chegaram mesmo a baixar 7,5 cêntimos por litro nessa data. Boas notícias para quem aproveitou a semana com dois feriados para fazer férias antecipadas que envolvam viagens de automóvel até ao sul ou ao norte do país.

Por seu lado, o gasóleo simples, que ainda domina na frota de automóveis em circulação nas estradas portuguesas, deverá manter-se nos 1,339 euros, de acordo com as previsões. Há uma semana, este combustível registou também uma grande queda, de 3,5 cêntimos (de 1,374 para 1,339 euros).

Agora, mantém-se nos preços mais reduzidos desde janeiro de 2019. Desde o início de abril que os preços do gasóleo, de acordo com a DGEG, têm vindo a subir (dos 1.374 até 1.396 euros), tendo agora caído para níveis ainda mais baixos face a essa altura do ano.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Greve de motoristas de matérias perigosas parou o país, em abril. 
(MÁRIO CRUZ/LUSA

Nova greve dos camionistas dia 12. Pré-aviso já foi entregue

Assunção Cristas e Bruno Bobone, na sede da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, nos Restauradores
(ANTÓNIO COTRIM/LUSA)

Cristas apela a empresários para darem mais força à oposição

Assunção Cristas e Bruno Bobone, na sede da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, nos Restauradores
(ANTÓNIO COTRIM/LUSA)

Cristas apela a empresários para darem mais força à oposição

Outros conteúdos GMG
Gasolina desce de novo na próxima semana, gasóleo mantém preço