Mercados

Goldman Sachs antevê subida de dividendos da EDP

Barragem do Baixo Sabor 
( Artur Machado / Global Imagens )
Barragem do Baixo Sabor ( Artur Machado / Global Imagens )

Uma nota de análise publicada esta terça-feira pela Goldman Sachs antecipa uma descida do preço-alvo das ações da EDP para 4,40 euros.

O Goldman Sachs divulgou esta terça-feira, numa nota aos investidores, que a EDP poderá aumentar novamente o valor do dividendo pago aos acionistas. O banco de investimento estima que a partir de 2021 e até 2024, a elétrica terá condições para subir os dividendos para um euro por ação, o equivalente a 25% da sua capitalização atual.

Segundo a análise do Goldman Sachs, a venda das seis barragens no Douro por 2,2 milhões de euros, que a EDP anunciou em dezembro, vai melhorar “largamente” a situação financeira da empresa liderada por António Mexia. A venda das barragens poderá tornar o balanço da EDP mais “forte” do que no período que antecedeu a crise financeira.

Os analistas do banco de investimento dão nota positiva às ações da EDP, mas baixam o preço-alvo de 4,50 euros para 4,40 euros, devido ao desempenho da área das energias renováveis, que deverá ser menor, de acordo com as estimativas.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
2. Os telemóveis desvalorizam até 78% do investimento num ano

Burlas com SMS custam um milhão por ano aos consumidores

Ana Jacinto, secretária-geral da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) antes de uma entrevista, esta manhã nos estúdios TSF.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Ana Jacinto. Hotelaria e restauração precisam de mais de 40 mil trabalhadores

Austin, EUA

Conheça o ranking das cidades mais desejadas pelos millennials em 2020

Goldman Sachs antevê subida de dividendos da EDP