dia da manufatura

Governo aprova e patrocina criação do Dia da Manufatura em Portugal

A Secretária de Estado da Indústria, Ana Lehmann, discursa durante a comemoração do Primeiro aniversário da StartUp Portugal no HUB Criativo do Beato
(Filipa Bernardo/ Global Imagens)
A Secretária de Estado da Indústria, Ana Lehmann, discursa durante a comemoração do Primeiro aniversário da StartUp Portugal no HUB Criativo do Beato (Filipa Bernardo/ Global Imagens)

A efeméride celebra-se na primeira sexta-feira do mês de outubro e nasceu nos Estados Unidos, pela mão do presidente norte-americano Barack Obama.

A secretária de Estado da Indústria está ao lado de Gonçalo Fortes, o CEO da startup portuguesa Prodsmart, que quer importar para Portugal o conceito do Dia da Manufatura. A efeméride celebra-se na primeira sexta-feira do mês de outubro e nasceu nos Estados Unidos, pela mão do presidente norte-americano Barack Obama, para que o setor da indústria abra portas aos curiosos, mostrando como funcionam as suas fábricas.

“Portugal sempre foi um país de tradição e vocação industrial,” indica Ana Lehmann no site criado para o efeito. “Há que celebrar e prestigiar a indústria todos os dias, daí que manifesto o meu apoio e patrocínio à iniciativa do Dia da Manufatura. Uma iniciativa perfeitamente coerente com as políticas que estamos a lançar na Secretaria de Estado da Indústria, desde a Formação para a Indústria, os Open Days da Indústria, a campanha dos jovens para a Indústria, o programa de ligações indústria-startups, as numerosas medidas que estão em marcha com o programa Indústria 4.0, entre outras. Porque a indústria é sexy. E sem indústria não há economia”, assegura a governante.

O anterior detentor do posto, João Vasconcelos, também se associa à iniciativa, tal como Pedro Matias, Presidente do Grupo ISQ, Francisco Almada-Lobo, CEO da Critical Manufacturing e José Rui Felizardo, CEO da Ceiia. “Queremos que o Dia Nacional da Manufatura seja uma homenagem a todos os «soldados desconhecidos» que todos os dias picam o ponto para que nunca nos falte nada”, explica Gonçalo Fortes.

Os industriais que se queiram associar à iniciativa, que em Portugal será celebrada a 4 de outubro de 2018, podem inscrever-se na página criada para o efeito.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Usados-carros-dicas-26d88f95262fb04408cf1721d918f6efc0da028d

São feitos quase 600 créditos por dia para comprar carro

Rendas da energia pesam 80 euros na conta da luz em 2018

José Vieira da Silva, ministro do Trabalho. Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

CML admite comprar 11 prédios da Segurança Social

Outros conteúdos GMG
Governo aprova e patrocina criação do Dia da Manufatura em Portugal