Economia

Governo autoriza 1,3 milhões para balcão virtual do Portugal 2020

O primeiro-ministro, António Costa. Fotografia: ESTELA SILVA/LUSA
O primeiro-ministro, António Costa. Fotografia: ESTELA SILVA/LUSA

O Governo autorizou hoje um investimento de 1,3 milhões de euros, até 2022, para desenvolver o Balcão 2020, um balcão virtual de apresentação de candidaturas do programa de apoios comunitários Portugal 2020, segundo um diploma hoje publicado.

A portaria autoriza a Agência para o Desenvolvimento e Coesão a assumir encargos até 1,3 milhões de euros para a contratação de serviços que desenvolvam, implementem e mantenham o Balcão 2020, mas “na condição de ter financiamento europeu com candidatura aprovada e sujeito a financiamento máximo nacional de 319.800 euros”.

O Balcão 2020 é como um portal na internet, destinado ao público em geral onde pode consultar da informação sobre o Portugal 2020, o Quadro de Programação dos Fundos Estruturais para o Período de Programação 2014-2020.

Naquele balcão virtual é ainda possível o registo do beneficiário e o acesso a um conjunto de serviços de suporte aos processos de candidaturas e ciclo de vida das operações.

No diploma, hoje publicado em Diário da República, o Governo enaltece o objetivo de manter e reforçar a centralização num ponto de acesso de toda a informação relevante para os beneficiários de operações integradas no Portugal 2020, independentemente da sua natureza, região de origem ou programa operacional em que se enquadra.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
EPA/MICHAEL REYNOLDS

Ação climática. Portugal vai ter de gastar mais de um bilião de euros

Quartel da Graça, em Lisboa. (Fotografia: D.R.)

Revive: Sete hoteleiros na corrida para transformar o Quartel da Graça

Thomas Cook era a agência turística mais antiga do mundo. ( EPA/ARMANDO BABANI)

Thomas Cook declarou falência. 600 mil turistas procuram solução

Outros conteúdos GMG
Governo autoriza 1,3 milhões para balcão virtual do Portugal 2020