Diário da República

Governo abre concurso de 13,7 milhões para escolher fornecedor de eletricidade

Foto: DR
Foto: DR

Segundo foi publicado em Diário da República estão incluídos organismos da Presidência do Conselho de Ministros, da Cultura e das Infraestruturas.

O Governo abriu um concurso para comprar eletricidade no mercado livre, segundo foi publicado hoje em Diário da República.

Segundo o diploma, esta autorização permite a despesa para a contratação do fornecimento de eletricidade no mercado livre no valor de 13,8 milhões de euros, a que acresce IVA, para o período entre 2017 e 2019.

Estão incluídas várias entidades, desde a Agência para Modernização Administrativa, o Instituto Nacional de Estatística, a Secretaria-geral da Presidência do Conselho de Ministros e ainda várias entidades culturais, como a Biblioteca Nacional, a Cinemateca Portuguesa e a Direção-geral do Livro. Também entidades do setor das infraestruturas, como a ANAC, o LNEC ou o IMT estão incluídos nesta autorização.

A autorização prevê que em 2017 a despesa total seja de 4,2 milhões de euros, em 2018 de 4,7 milhões de euros e em 2019 de 4,8 milhões de euros, totalizando os 13,8 milhões de euros referidos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
António Costa visita casas em construção. Fotografia: RODRIGO ANTUNES/LUSA

Aviões puxam pelo investimento, bancos e construção amortecem recessão

Entrevista a Luís Araújo, presidente do Turismo de Portugal.
(Carlos Manuel Martins/Global Imagens)

Luís Araújo: “A nossa maior concorrência não é um país. É o medo”

Fotografia: D.R.

Teletrabalho continua obrigatório para grupos de risco e pais sem escola

Governo abre concurso de 13,7 milhões para escolher fornecedor de eletricidade