Governo prevê 600 milhões para a Indústria 4.0

Programa para apoiar a transformação digital lançado há dois anos, vai entrar na segunda fase.

O Governo vai avançar com a segunda fase da iniciativa da Indústria 4.0 (i4.0), programa de digitalização da indústria, estando previsto um investimento de 600 milhões de euros em dois anos. O anúncio será feito na próxima terça-feira, num cerimónia em Guimarães, onde serão apresentados os três eixos de intervenção.

Concluída a primeira fase, agora "pretende-se envolver nas várias iniciativas 20 mil empresas, formar mais de 200 mil trabalhadores e financiar mais de 350 projetos transformadores", avança o Executivo numa nota citada pelo Jornal de Negócios.

O Instituto do Emprego e da Formação (IEFP) e o ministério do Trabalho vão estar envolvidos no desenvolvimento de planos de qualificação dos colaboradores, com o objetivo de os apoiar na transição para o digital. No terceiro trimestre, o programa vai apostar na formação em cibersegurança. O Roteiro para o Conhecimento i4.0 vai ainda reforçar o Programa Open Days i4.0.

O ministério da Economia garante que houve uma execução de 95% das 64 medidas da primeira fase, que assentou em seis eixos.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de