Governo quer limitar promoções abusivas no comércio para proteger produtores

Volume de negócios recuou 2,6%
Volume de negócios recuou 2,6%

O governo quer reforçar a proteção às pequenas empresas e impedir as práticas abusivas que as promoções por vezes introduzem no comércio. A Conselho de Ministros irá amanhã a versão final da legislação que proíbe estas práticas, refere hoje o Jornal de Negócios.

Em cima da mesa estará a alteração ao decreto-lei 370/93, que regulamenta as práticas que deve haver entre agricultores, produtores industriais e distribuição e comércio. Do novo documento deverão constar novas coimas a aplicar em situações de violação desta relação – por exemplo as situações de dumping em que o distribuidor vende abaixo do preço de produção.

O que a ministra da Agricultura, Assunção Cristas, refere é que apesar de a distribuição querer “fazer os melhores preços para os consumidores”, tem de haver “uma relação franca e equitativa e bem equilibrada entre o valor que fica para a produção e o valor que depois fica para a indústria e para a distribuição”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
2. Os telemóveis desvalorizam até 78% do investimento num ano

Burlas com SMS custam um milhão por ano aos consumidores

Ana Jacinto, secretária-geral da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) antes de uma entrevista, esta manhã nos estúdios TSF.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Ana Jacinto. Hotelaria e restauração precisam de mais de 40 mil trabalhadores

Austin, EUA

Conheça o ranking das cidades mais desejadas pelos millennials em 2020

Governo quer limitar promoções abusivas no comércio para proteger produtores