Congresso AHP

Governo trabalha para ter Ferrovia 4.0 “num futuro próximo”

Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques. (Leonel de Castro/Global Imagens)
Secretária de Estado do Turismo, Rita Marques. (Leonel de Castro/Global Imagens)

Coube à secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, fazer o encerramento do 31º Congresso Nacional da Hotelaria e Turismo

O Governo está a trabalhar para ter uma Ferrovia 4.0 “num futuro próximo”, mas o dossier é complexo, afirmou esta sexta-feira, em Viana do Castelo, a secretária de Estado do Turismo, Rita Marques.

“É um assunto que envolve várias áreas do Governo, estamos a trabalhar para que possamos ter uma ferrovia que sirva os interesses dos cidadãos nacionais, mas também todos aqueles que nos visitam. É o que posso dizer, nesta altura”, disse Rita Marques aos jornalistas, à margem do 31.º Congresso Nacional de Hotelaria e Turismo, organizado pela Associação da Hotelaria de Portugal (AHP).

Rita Marques lembrou que no programa do Governo a ferrovia é uma prioridade. “Está claríssimo”, reforçou.

“É um dossier complexo, difícil, mas estamos a trabalhar para que possamos ter num futuro próximo uma Ferrovia 4.0. Neste momento ainda não temos. Servirá, naturalmente, também os interesses dos turistas, mas de todos os cidadãos nacionais, como é óbvio”, afirmou a secretária de Estado do Turismo.

No discurso de encerramento do congresso, que hoje termina em Viana do Castelo, a secretária de Estado enumerou algumas das preocupações ao nível das infraestruturas, que designou para o setor como um “grande desafio”, lembrando a necessidade de “coadjuvar a política aeroportuária com a marítima e ferroviária”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lear Corporation

Há mais de 800 mil portugueses a trabalhar por turnos

Alexandra Leitão, ministra da Modernização do Estado e da Administração Pública. (António Pedro Santos / Lusa)

Governo vai reservar verba para financiar pré-reformas no Estado

Rui

“Se Rui Rio ganhar as eleições do PSD este Governo dura quatro anos”

Outros conteúdos GMG
Governo trabalha para ter Ferrovia 4.0 “num futuro próximo”