Companhias aéreas

Governo turco quer ligações aéreas semanais entre Istambul e Luanda

Fotografia: Direitos Reservados
Fotografia: Direitos Reservados

A Turquia solicitou o apoio de Angola para que a Turkish Airlines faça a ligação entre Istambul e Luanda, numa frequência de dois voos semanais

A Turquia solicitou hoje o apoio de Angola para que a sua companhia aérea estatal, a Turkish Airlines, faça a ligação entre Istambul e Luanda, numa frequência de dois voos semanais.

O interesse foi manifestado pelo ministro das Alfândegas e Comércio da Turquia, Bulent Tufencki, nas conversações com a parte angolana, para a assinatura de pré-acordos de cooperação em várias áreas de interesse comum, que decorrem em Luanda.

“Pedimos já duas frequências para Luanda por semana e pedimos para o ministro dar apoio nesse quesito para que as nossas linhas aéreas da Turquia façam estas duas frequências entre Istambul e Luanda, para estreitar e melhorar as nossas relações, podendo assim chegar a Luanda da forma mais fácil possível”, disse.

O ministro turco frisou que a Turkish Airlines foi eleita, em 2016, a melhor companhia aérea da Europa, salientando que a mesma realiza voos para 31 países africanos em 48 pontos, sublinhando a importância da ligação a Luanda.

Por sua vez, o ministro da Justiça e Direitos Humanos de Angola, Rui Mangueira, e coordenador da Comissão Económica Conjunta Angola-Turquia, disse que a questão foi discutida “com alguma profundidade”.

“Nós admitimos que essa possibilidade se venha a concretizar a breve trecho, é necessário que existam condições técnicas em Angola, para que este assunto seja efetivamente concretizado e vamos trabalhar neste sentido”, disse o ministro.

Rui Mangueira informou ainda que o planeamento para esta possibilidade deve ser feito no sentido de avançar tão logo estejam estabelecidas as condições técnicas e a própria empresa faça o respetivo planeamento.

“Não é algo que possa ser definido com uma data, o que quer dizer que a breve trecho esse assunto será resolvido”, disse.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Saídas para a reforma disparam 43% na função pública

Foto: DR

EDP flexibilizou pagamento de faturas no valor de 60 milhões de euros

Ministro de Estado, da Economia e Transição Digital, Pedro Siza Vieira. TIAGO PETINGA/LUSA

Moratórias bancárias estendidas até final de setembro de 2021

Governo turco quer ligações aéreas semanais entre Istambul e Luanda