Habitação

Grande Porto apresenta preço de habitação acima do nacional

Fotografia: Arquivo/ Global Imagens
Fotografia: Arquivo/ Global Imagens

Desde o primeiro trimestre de 2016 que a Área Metropolitana do Porto não apresentava um preço de habitação acima do valor nacional.

A habitação na Área Metropolitana do Porto registou um preço mediano de 1034 euros/m2 no segundo trimestre do ano, acima do valor nacional, que se fixou nos 1031 euros/m2, divulgou o Instituto Nacional de Estatística (INE). O território já não apresentava este preço desde o primeiro trimestre de 2016.

Como revela o INE, o preço mediano de alojamentos familiares em Portugal foi 1 031 euros/m2, um aumento de 2% relativamente ao trimestre anterior e de 6,4% relativamente ao período homólogo.

As estatísticas de preços de habitação divulgados hoje revelam que houve 45 municípios localizados maioritariamente no Algarve (1606 euros/m2 ), na Área Metropolitana de Lisboa (1383 euros/m2 ) – as regiões com preços mais elevados do país –, Região Autónoma da Madeira e na Área Metropolitana do Porto apresentaram um preço mediano de venda de habitação superior ao valor nacional.

O preço mediano mais elevado do país registou-se em Lisboa (3154 euros/m2), seguindo-se Cascais (2478 euros/m2), Oeiras (2 134 euros/m2), Loulé (2 018 euros/m2 ), Lagos (1 875 euros/m2 ), Albufeira (1821 euros/m2), Tavira (1766 euros/m2), Porto (1762 euros/m2), Odivelas (1646 euros/m2), Lagoa (1 634 euros/m2), Funchal (1558 euros/m2), Faro (1532 euros/m2 ), Loures (1 521 euros/m2 ) e Vila Real de Santo António (1519 euros/m2).

Nas cidades de Lisboa, Porto, Funchal, Amadora e Coimbra, o preço de venda das casas manteve-se acima do valor do país, juntando-se, pela primeira vez Vila Nova de Gaia, o que não sucedia desde o primeiro trimestre de 2016. A cidade de Braga (875 euros/m2 ) é a única que se mantém com preço inferior ao valor nacional.

Acima dos 4500 euros/m2
Três das 24 freguesias de Lisboa registaram preços medianos de venda de habitação superiores a 4500 euros/m2. Segundo o INE, foram as freguesias de Santo António (5131 euros/m2) – que inclui a Avenida da Liberdade e áreas adjacentes –, Misericórdia (4718 euros/m2 ) – Bairro Alto e Cais do Sodré –, Santa Maria Maior (4509 euros/m2 ) – área do Castelo e Baixa/Chiado.

No Porto, a freguesia do Bonfim destacou-se entre as sete freguesias por apresentar um preço mediano (1785 euros/m2) acima do valor da cidade e uma taxa de variação homóloga (+45,4%) superior à verificada no concelho portuense (+20,7%). Em contraponto, Campanhã registou o menor preço mediano (1114 euros/m2).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
apple one

Apple One junta vários serviços, chega a Portugal mas com limitações. O que tem

A  90ª edição da Micam, a feira de calçado de Milão, está agendada para os dias 20 a 23 de setembro, com medidas de segurança reforçadas. Fotografia DR

Calçado. Micam arranca este domingo e até há uma nova marca presente

Os ministros da Presidência do Conselho de Ministros, Mariana Vieira da Silva (C), Economia, Pedro Sia Vieira (E) e do Trabalho Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho (D). MANUEL DE ALMEIDA/POOL/LUSA

Portugal é o quarto país da UE onde é mais difícil descolar do mínimo

Grande Porto apresenta preço de habitação acima do nacional