Grupo Trius abre hotel em Lisboa e tem mais dois na mira

O grupo Trius está também a desenvolver um projeto de quatro estrelas em Sines, no Alentejo, e vai entrar no negócio das residências sénior.

Apesar da pandemia do novo coronavírus que tanto está a afetar o turismo, o grupo Trius vai abrir no próximo mês a sua primeira unidade hoteleira em Portugal. O The Icons Hotel é fruto de um investimento de quatro milhões de euros e está instalado a poucos metros da Praça de Espanha, em Lisboa. O grupo, detido pelos irmãos Erik e Fayez Ussene, prepara a abertura de mais dois hotéis na capital e tem em desenvolvimento um projeto turístico em Sines.

O The Icons Hotel, unidade 'concept' de três estrelas, com 31 quartos, já está preparado para receber hóspedes de acordo com as normas e procedimentos de desinfeção e higiene a Direção-Geral da Saúde. Segundo Erik Ussene, CEO do grupo, os colaboradores receberam formação para lidar com as novas exigências fruto da pandemia e foram instituídos protocolos por equipa, com o objetivo da sua proteção e da dos clientes. "Neste momento, estamos em fase de atribuição do selo , que, certamente, estará tratado até à abertura", a 10 de julho, adianta.

O surto do novo coronavírus não adiou a inauguração, mas alterou as orientações estratégicas. Este ano, a captação de hóspedes está centrada "no mercado interno, pelo menos até o tráfego aéreo voltar a alguma normalidade", diz o gestor. A taxa de ocupação deverá ficar entre os 25 a 30% até ao final do ano, "num cenário realista, mas não ambicioso". Como frisa, "os indicadores que tínhamos antes desta fase eram bastante animadores, até pelo conceito e localização do hotel, o que neste momento logicamente está muito longe de se verificar".

Covid não impede expansão

O grupo Trius não teme o covid-19 e tem já agendado para outubro a abertura da sua segunda unidade hoteleira em Lisboa. Segundo Erik Ussene, o Trius Alfama Hotel será a bandeira do grupo, com os seus 22 quartos, wine bar, terraço, tecnologia avançada, num conceito de luxo.

Como sublinha o responsável, "estamos a apostar fortemente em Portugal, em vários pontos do país, pois acreditamos que é um país que ainda tem muito para dar". E explica: "Tentamos apostar em locais estratégicos, como Praça de Espanha, Alfama, e temos outra unidade perto do aeroporto de Lisboa para este ano". Mas não é só a capital que está na mira. "Temos ainda outro projeto em curso de 4 estrelas a dois passos da praia e do Castelo de Sines", adianta.

Erik Ussene garante que a pandemia não vai travar nenhum dos projetos para o país e admite até que alguns possam ser antecipados, como é o caso da Trius Residences, cujo foco são as residências sénior.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de