Gulbenkian tem 1 milhão para associações que apoiam idosos

Fundação Gulbenkian criou um Fundo de Emergência de cinco milhões de euros, para apoiar a saúde, ciência, sociedade civil, educação e cultura.

A Fundação Calouste Gulbenkian tem 1 milhão de euros para associações que prestam apoio a idosos, um concurso lançado no âmbito do Fundo de Emergência criado para apoiar nas áreas de intervenção da Fundação nesta fase de pandemia. As candidaturas decorrem até às 12h de 7 de abril.

"Com a iniciativa Gulbenkian Cuida, a Fundação pretende contribuir para o reforço da capacidade de resposta das organizações privadas sem fins lucrativos, para que estas possam ampliar a sua capacidade de ação, atenuar o isolamento da população idosa e contribuir não só para a satisfação das suas necessidades básicas, mas também para a melhoria do seu bem-estar", refere a Fundação em nota de imprensa.

Ao concurso, aberto em parceria com o Instituto de Segurança Social, podem candidatar-se entidades privadas sem fins lucrativos – instituições de solidariedade social, de voluntariado ou outras organizações não-governamentais que já desenvolvem atividades com populações idosas que, face à atual situação provocada pelo surto Covid-19, precisem de reforçar capacidade de resposta.

No âmbito da pandemia do novo coronavírus, a Fundação Calouste Gulbenkian criou um Fundo de Emergência de cinco milhões de euros, para apoiar a saúde, ciência, sociedade civil, educação e cultura, para fazer face às consequências sociais decorrentes do Covid-19.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de