INE

Há 53 municípios com infetados acima da média nacional, 29 no Norte

Passageiros à saída de um comboio, durante a pandemia da covid-19, em Lisboa, 19 de maio de 2020. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA
Passageiros à saída de um comboio, durante a pandemia da covid-19, em Lisboa, 19 de maio de 2020. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Os concelhos de Sernancelhe e Vimioso têm valores superiores a sete novos casos por 10 mil habitantes. A 6 de setembro, a média nacional era de 2,4.

No final da primeira semana de setembro havia mais de meia centena de municípios em Portugal com uma média de novos casos acima do valor nacional.

“A 6 de setembro de 2020 existiram no país 2,4 novos casos confirmados de covid-19 (últimos 7 dias) por 10 mil habitantes. O número de novos casos confirmados com a doença COVID-19 por 10 mil habitantes foi superior ao nacional em 53 municípios”, indica o Instituto Nacional de Estatística (INE) no estudo “Indicadores de contexto demográfico e da expressão territorial da pandemia COVID-19 em Portugal”, divulgado esta sexta-feira ao final da manhã.

De acordo com a distribuição geográfica dos novos casos, “na região norte, 29 municípios registaram um valor acima do país, salientando-se um conjunto de 13 municípios da Área Metropolitana do Porto (AMP) e territórios limítrofes – Arouca, Póvoa de Varzim, Vila do Conde, Santo Tirso e Paredes na AMP e os municípios de Lousada, Felgueiras, Paços de Ferreira, Castelo de Paiva e Penafiel no Tâmega e Sousa, e de Guimarães, Vila Nova de Famalicão e Vizela no Ave”, lê-se no relatório.

Mas há dois concelhos que com um coeficiente que é mais do dobro da média nacional. “Com valores superiores a sete novos casos por 10 mil habitantes, destacavam-se os municípios de Sernancelhe (Douro) e Vimioso (Terras de Trás-os-Montes)”, aponta o estudo.

“Na Área Metropolitana de Lisboa (AML), do total de 18 municípios que compõem esta região, 11 apresentaram valores acima do nacional”, sendo que Sintra e Amadora, registaram cinco ou mais casos confirmados por 10 mil habitantes, “seguindo-se os municípios de Vila Franca de Xira, Odivelas, Lisboa, Oeiras, Loures, Setúbal, Barreiro, Mafra e Seixal”, acrescenta o gabinete de estatística.

Fonte: INE

Fonte: INE

Na região Centro, os municípios de Arruda dos Vinhos, Santa Comba Dão, Cantanhede, Águeda e Sátão também tinham valores acima da referência nacional. Na região do Alentejo, os municípios de Odemira, Santarém, Reguengos de Monsaraz, Campo Maior, Sines, Benavente e Mora e “Algarve (o município de Loulé) apresentavam valores superiores ao valor nacional”, indica o estudo.

Os dados até ao dia 6 de setembro permitem uma análise por município. Três dias depois, a 9 de setembro, já se verificavam 3 novos casos por cada 10 mil habitantes.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Arquivo/ Global Imagens

Transações de casas caíram 35,25% em abril. Preços começam a abrandar

(João Silva/ Global Imagens)

Estrangeiros compraram menos casas em Portugal em 2019. Preço por imóvel subiu

(JOSÉ COELHO/LUSA)

Cadeias de retalho contra desfasamento de horários. Aguardam publicação da lei

Há 53 municípios com infetados acima da média nacional, 29 no Norte