Segurança Social

Há menos 54.249 beneficiários do abono de família

Fotografia: Leonel de Castro/Global Imagens
Fotografia: Leonel de Castro/Global Imagens

Dados do Ministério indicam que número de beneficiários do subsídio de doença e do RSI aumentou no último ano e diminuiu no desemprego e CSI.

O número de beneficiários do abono de família registou uma redução no último ano.

De acordo com os dados divulgados esta segunda-feira pelo Instituto da Segurança Social (ISS), em fevereiro foram processados 1.054.477 abonos de família, o que representa uma quebra de 54.249 prestações em relação a igual período de 2016.

Em termos mensais, a redução foi de 257 abonos face a janeiro.

Os números publicados pelo ISS revelam ainda que no final de fevereiro foram atribuídos 217.255 subsídios de desemprego, o que corresponde a uma redução de 38.888 prestações relativamente ao mês homólogo do ano passado.

Em termos mensais, os dados indicam um decréscimo de 3979 subsídios.

As estatísticas mensais da Segurança Social revelam ainda que foram processados 128.924 subsídios de doença, o que traduz um acréscimo de 5246 em relação a fevereiro de 2016, mas uma descida de 2630 face a janeiro deste ano.

Já no que toca ao rendimento social de inserção (RSI), os dados do ISS indicam que havia 96.023 famílias a receber o RSI, ou seja, mais 1863 do que em fevereiro do ano passado e mais 88 do que em janeiro.

Em termos individuais, foram processados 214.310 prestações, mais 8243 do que em fevereiro de 2016 e mais 688 do que no primeiro mês do ano.

Em relação ao Complemento Solidário para o Idoso, havia 163.016 beneficiários no final de fevereiro, o que representa um decréscimo de 2456 prestações relativamente ao período homólogo do ano passado. Em termos mensais, registou-se um aumento de 1315 prestações.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Margrethe Vestager, comissária europeia da Concorrência deverá dar o anúncio sobre a multa dentro de horas.

Google multada em 2,424 mil milhões de euros por violar leis europeias

O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva, à chegada para a reunião da Comissão Permanente de Concertação Social, na sede do Conselho Económico e Social, em Lisboa, 22 de julho de 2016. MÁRIO CRUZ/LUSA

Reformas antecipadas para carreiras longas chegam no 4º trimestre deste ano

Mariana Mazzucato, no Fórum BCE, em Sintra. Fotografia: Banco Central Europeu

Investimento. “Estavam à procura de uma coisa e encontraram o Viagra”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Há menos 54.249 beneficiários do abono de família