Emprego

Hotelaria e restauração responsáveis por 40 mil empregos

Foto: DR
Foto: DR

Empresas de restauração e alojamento sublinham contributo forte para a criação de emprego ao longo dos últimos meses apoiada pela redução do IVA

A economia nacional criou 144 mil empregos entre o primeiro trimestre de 2016 e igual período deste ano. O aumento de 3,2% é o maior de que há registo e só a hotelaria e restauração foram responsáveis por 39 700 empregos, noticiou a AHRESP, com base nos dados divulgados pelo INE.

“A saída de Portugal do procedimento por défice excessivo e o crescimento da economia e da procura turística foram fatores decisivos para este aumento, mas é preciso não esquecer que a firmeza do compromisso do atual Governo na política fiscal sobre o IVA nos serviços de alimentação e bebidas gerou um clima de confiança para as empresas do nosso setor que se reflete nos números agora divulgados”, destacou Mário Pereira Gonçalves, presidente da Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP).

imagemempregoahresp

Mário Gonçalves assume que o canal Horeca, que representa a hotelaria e a restauração, representou 6,3% da população empregada, e admite que a expectativa aponta para que “esta performance das empresas se irá manter ao longo deste ano”.

Estes novos 39 700 empregos representaram 27,4% do crescimento total do emprego neste período, detalha a associação.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

1400 empresas já pediram para aderir ao novo lay-off, apoios só a 28 de abril

Algarve, Portugal. Fotografia: D.R.

Algarve lança campanha. “Fiquem em casa para regressarem com mais saudade”

Veículos da GNR durante uma operação stop de sensibilização para o cumprimento do dever geral de isolamento, na Autoestrada A1 nas portagens dos Carvalhos/Grijó no sentido Sul/Norte, Vila Nova de Gaia, 29 de março de 2020. MANUEL FERNANDO ARAÚJO/LUSA

Mais de 80 detidos e 1565 estabelecimentos fechados

Hotelaria e restauração responsáveis por 40 mil empregos