Housers procura investidores para moradias de luxo no Meco

Plataforma de crowdfunding imobiliário quer angariar mais de 500 mil euros para financiar construção de moradias no Meco.

Depois dos apartamentos em Lisboa, Porto e Paço de Arcos, um hotel em Alcobaça e quatro moradias em Loures, a Housers vai rumar a sul.

A plataforma espanhola que angaria investimento para projetos imobiliários está à procura de interessados em financiar a construção de cinco moradias de luxo no Meco.

Em comunicado enviado às redações, a plataforma que chegou a Portugal no final de 2017 revela que o seu mais recente projeto "consiste na concessão de um empréstimo participativo de 534 mil euros a um promotor para a construção de cinco vivendas independentes, cada uma delas com uma área de superfície de aproximadamente 167m2".

Para participar no projeto é necessário investir pelo menos 50 euros. A Housers propõe um retorno através de taxa fixa, ou seja, "os investidores que participarem neste projeto receberão todos os meses o montante correspondente à taxa de juro acordada com o promotor, seguido da respetiva devolução do capital do empréstimo, sem ter de esperar pela construção ou venda das moradias".

A plataforma espera alcançar uma rentabilidade total de 16,5% em 22 meses, o que equivale a uma taxa anual de 9%.

Desde que chegou a Portugal, a plataforma angariou mais de três milhões de euros, tendo chamado a atenção de 1400 investidores portugueses.

Como em qualquer plataforma de crowdfunding, o retorno não é garantido.

“Avisamos que o capital não é garantido e que pode haver perdas. Mas perder tudo é muito difícil, nenhum dos nossos projetos entrou em default até agora. Claro que as coisas podem correr mal, mas isso é o risco de qualquer investimento imobiliário, não é só no crowdfunding. Quem não quer assumir riscos não investe em crowdfunding, prefere um depósito a prazo que paga 0,2% ao ano ou um certificado de aforro. Quanto maior o risco, maior será a rentabilidade”, explicou João Távora, responsável pelos mercados internacionais da Housers, em entrevista ao Dinheiro Vivo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de