Energia

Iberdrola vence sete lotes nos leilões do solar e instala 149 MW em Portugal

solar-07285d78ed84bfa966a26b9a5c035502f3a56ed7

Esta capacidade está distribuída em duas regiões (Algarve e Vale do Tejo), de acordo com o resultado do leilão público, sublinhou a empresa.

Depois de conhecidos os resultados dos leilões de energia solar promovidos pelo Ministério do Ambiente e Transição Energética de Portugal, através da Direção Geral de Energia e Geologia (DGEG) e organizado pelo Operador do Mercado Ibérico da Energia (OMIP), a Iberdrola informou em comunicado que “adjudicou 149 megawatts (MW) de energia solar fotovoltaica em Portugal, o que representa a entrada da empresa no desenvolvimento deste tipo de tecnologia em território nacional”.

Esta capacidade está distribuída em duas regiões (Algarve e Vale do Tejo), de acordo com o resultado do leilão público, sublinhou a empresa. A Iberdrola foi uma das grandes vencedoras dos leilões, ao arrematar sete lotes. A empresa é líder no setor comercial de grandes consumidores, com quase 33% do mercado e possui uma carteira de 300.000 clientes, entre eletricidade e gás natural.

Depois de conhecer o resultado do leilão, Ignacio Galán declarou: “Estes novos projetos destacam o compromisso da Iberdrola com a energia renovável e para continuar a contribuir para a transição para uma Europa descarbonizada”. O grupo lidera também o projeto do Sistema Eletroprodutor do Tâmega, que envolve a construção de três novas centrais (Gouvães, Daivões e Alto Tâmega), com uma potência total de 1.158 MW e um investimento de mais de 1.500 milhões de euros.

A implementação deste projeto, prevista para o período 2021-2023, significará um aumento de 6% do total de energia elétrica instalada no país e proporcionará energia a 440 mil casas portuguesas.

A Iberdrola possui uma potência eólica de 92 MW no país, dividida em três parques eólicos: Catefica, no município de Torres Vedras, 18 MW; Alto do Monção, em Mortágua e Tondela, 32 MW; e a Serra do Alvão, em Ribeira de Pena, com 42 MW.

Além de Espanha e Portugal, a Iberdrola promove inúmeros projetos renováveis na Europa. No Reino Unido, através da ScottishPower Renewables, opera 40 parques eólicos terrestres e o primeiro parque eólico marítimo da empresa, West of Duddon Sands. Está atualmente a desenvolver no Mar da Irlanda, East Anglia One, que, quando estiver operacional em 2020, irá consolidar a Iberdrola como líder mundial em energia eólica offshore.

A sua presença nas renováveis estende-se a outros países da Europa continental, como a Alemanha, onde opera nas águas do Mar Báltico, o parque eólico Wikinger. E em França, onde projeta o parque eólico offshore de Saint Brieuc. Por fim, na Grécia a empresa está também a construir dois novos parques eólicos.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Euronext Lisboa. Fotografia: Global Imagens

Menos de metade das cotadas entregaram planos para igualdade

Euronext Lisboa. Fotografia: Global Imagens

Menos de metade das cotadas entregaram planos para igualdade

Combustíveis

Petróleo sobe em flecha. “Não haverá impacto perturbador nas nossas algibeiras”

Outros conteúdos GMG
Iberdrola vence sete lotes nos leilões do solar e instala 149 MW em Portugal