Imobiliária do presidente do Benfica vende casas de luxo a preços low cost

ng3119663

A Inland, a promotora imobiliária do presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, inaugurou hoje o Quinta do Aqueduto, em Santo Antão do Tojal, Loures, um empreendimento que tem a particularidade de ter casas de luxo a preços low cost.

Por exemplo, um T1 com 75 m2, jardim e piscina comum e um pequeno terraço privado custa 105 mil euros. E uma moradia T3 de 200 m2, três pisos, jardim e piscina privada e um terraço na cobertura custa 270 mil euros.

No geral, os preços dos apartamentos, que têm entre 64 e 138 m2, e das moradias, com 166 a 262 m2, custam, respectivamente, entre 100 e 300 mil euros e entre 230 e 320 mil euros.

“Decidimos arranjar um produto a um preço simpático porque não estamos alheios à situação económica e também porque sabemos que não estamos em Lisboa”, disse o presidente executivo da Inland, Tiago Vieira, filho de Luís Filipe Vieira.

E acrescenta: “Temos a vantagem de não haver produto novo no mercado e tempos menos concorrência porque em tempos de crise separa-se o trigo do joio e quem resiste são os melhores. Para o cliente, a vantagem é que compram um produto melhor a preços mais baixos”.

Além das áreas grandes, as casas do Quinta do Aqueduto, gozam de salas e quartos amplos, todas elas com janelas, boa insonorização e acabamentos, um design minimalista, muita arrumação, luz solar em todas as divisões e durante todo o dia e ainda painéis solares para aquecimento das águas sanitárias. Além disso, ficam numa zona tranquila que mais parece um destino de férias, mas a apenas 15 minutos de carro de Lisboa.

“Estamos a 15 quilómetros do aeroporto e a 19 quilómetros do centro de Lisboa num entroncamento de várias acessibilidades principais, como a CREL, a A8 ou a IC9”, adiantou ainda Tiago Vieira.

É por isso que o gestor estima concluir a venda do empreendimento em apenas dois anos, sendo que 60% será vendido a portugueses e 40% a estrangeiros. “Não podemos ficar só dependentes do mercado português e temos de ir atrás de outros e agora há um grande interesse das parte dos chineses e dos PALOP por causa dos vistos gold”, disse, acrescentando ainda que vão tentar cativar compradores nos projetos que têm no Brasil.

O empreendimento Quinta do Aqueduto, que começou a ser construído em 2010, custou 20 milhões de euros e marca um regresso da Inland aos investimentos em Portugal depois de cinco anos a apostar na internacionalização para o Brasil e Moçambique.

Tem 30 apartamentos e 62 moradias, sendo que, nesta primeira fase, ficaram concluídos 30 apartamentos e 20 moradias. As restantes 42 moradias estão já em obra e ficam prontas no final de 2014.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Rui Freire conta com experiência na Microsoft, grupo Havas e Global Media Group. Fotografia: DR

Rui Freire passa da Microsoft para o grupo Omnicom

Mariana Mortágua, deputada do Bloco de Esquerda

BE: retificativo é consequência natural de intervenção na CGD

Fotografia: REUTERS/ Lucy Nicholson

Estes são os atores mais bem pagos do mundo, segundo a Forbes

Martifer, Oliveira de Frades. Fotografia: Fernando Fontes/Global Imagens

Martifer com prejuízos de 3,2 milhões de euros

Fotografia: EPA/DAVE HUNT

Uber perde mais de mil milhões de euros no primeiro semestre

14 hábitos

Vídeo. 14 dicas para conseguir um aumento

Conteúdo Patrocinado
Imobiliária do presidente do Benfica vende casas de luxo a preços low cost