Banco de Portugal

Indicadores de atividade económica e consumo privado voltam a piorar

Fotografia: ANTONIO COTRIM/LUSA
Fotografia: ANTONIO COTRIM/LUSA

Os indicadores relativos à atividade económica e ao consumo privado medidos pelo Banco de Portugal (BdP) apresentaram uma diminuição em março.

Os indicadores relativos à atividade económica e ao consumo privado medidos pelo Banco de Portugal (BdP) apresentaram uma diminuição em março, face a fevereiro, de acordo com os dados hoje divulgados.

Em março, o indicador coincidente mensal para a atividade económica apresentou uma redução (passou de 0,7% em fevereiro para 0,3%), após a ligeira diminuição observada no mês anterior.

Por sua vez, o indicador coincidente mensal para o consumo privado voltou a registar uma diminuição face ao mês anterior “após a relativa estabilização observada ao longo de 2015”, passando de 2,2% em fevereiro para 2,1% em março.

Os indicadores coincidentes do BdP são indicadores compósitos que refletem a variação homóloga do respetivo agregado económico.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Angel Gurría, secretário-geral da OCDE, e Pedro Siza Vieira, ministro da Economia. Fotografia: Diana Quintela/ Global Imagens

Fosso entre custo das casas e rendimento tem maior agravamento da OCDE

Angel Gurría, secretário-geral da OCDE, e Pedro Siza Vieira, ministro da Economia. Fotografia: Diana Quintela/ Global Imagens

Fosso entre custo das casas e rendimento tem maior agravamento da OCDE

JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Eleições europeias: 11,56% dos eleitores votaram até ao meio-dia

Outros conteúdos GMG
Indicadores de atividade económica e consumo privado voltam a piorar