atividade económica

Indicadores da atividade económica e do consumo privado diminuíram em maio

O indicador coincidente mensal para a atividade económica e para o consumo privado recuaram para 2,0% em maio.

O indicador coincidente para a atividade económica continuou a diminuir em maio e o indicador para o consumo privado também recuou, após ter estabilizado no mês anterior, divulgou esta sexta-feira o Banco de Portugal (BdP).

“Em maio, o indicador coincidente mensal para a atividade económica manteve a trajetória descendente iniciada em outubro de 2017. O indicador coincidente mensal para o consumo privado diminuiu face ao mês anterior”, refere o BdP.

O indicador coincidente mensal para a atividade económica recuou para 2,0%, face aos 2,1% de abril, enquanto o indicador coincidente mensal para o consumo privado diminuiu de 2,2% de abril para 2,0% em maio.

Os indicadores coincidentes são indicadores compósitos que procuram captar a evolução subjacente da variação homóloga do respetivo agregado macroeconómico.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

1400 empresas já pediram para aderir ao novo lay-off, apoios só a 28 de abril

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (MANUEL DE ALMEIDA/LUSA)

Marcelo. “Não se pode esperar um, dois, três meses por respostas europeias”

coronavírus em Portugal (covid-19) corona vírus

140 mortos e 6408 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Indicadores da atividade económica e do consumo privado diminuíram em maio