Inditex põe capacidade logística ao serviço de Espanha

O gigante têxtil vai também doar ao Estado espanhol cerca de 300 mil máscaras cirúrgicas e avançar com a produção de aventais sanitários.

O grupo Inditex (dono da Zara) decidiu disponibilizar "toda a sua capacidade logística, de abastecimento e de gestão comercial, especialmente da China, para ajudar a dar resposta às necessidades emergentes, tanto de materiais sanitários como de têxteis" necessários nestes momentos que Espanha atravessa.

O gigante têxtil vai também doar ao Estado espanhol cerca de 300 mil máscaras cirúrgicas e avançar com a produção de aventais sanitários, avançou o grupo liderado por Pablo Isla.

A Inditex prevê garantir uma remessa semanal da China com "o material que as autoridades sanitárias espanholas indicaram como mais urgente: máscaras, luvas, óculos de proteção, bonés e protetores tratamentos faciais ". O grupo assegurará o suporte logístico de toda a operação.

O grupo proprietário da Zara admitiu ainda converter parte de sua capacidade de produção têxtil em material sanitário. A Inditex "identificou a possibilidade de fabricar roupões de proteção em Espanha", mas terá ainda de realizar uma série de ajustes sanitários e confirmar a disponibilidade de matérias-primas".

Em comunicado, a empresa destacou "a solidariedade e a ajuda oferecida por fornecedores e colaboradores chineses, especialmente da Universidade de Tsinghua, cuja mediação é essencial para garantir suprimentos médicos básicos".

A Inditex, que apresentou os resultados anuais esta na quarta-feira, viu o seu lucro líquido crescer 6%, para 3.639 milhões de euros. O grupo anunciou uma provisão de 287 milhões para combater a crise do coronavírus.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de