Inflação

Inflação homóloga acelera para 1,6% em julho, segundo estimativa do INE

O Índice de Preços no Consumidor subiu 1,6% em julho face ao mesmo mês de 2017, contra uma variação de 1,5% em junho.

O Índice de Preços no Consumidor subiu 1,6% em julho face ao mesmo mês de 2017, contra uma variação de 1,5% em junho, segundo uma estimativa do Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgada esta terça-feira.

Em relação à variação homóloga estimada do indicador de inflação subjacente (índice total excluindo produtos alimentares não transformados e energéticos) o INE refere que esta é de 1,0% em julho, o mesmo valor observado em junho.

O INE também anunciou que o índice relativo aos produtos energéticos terá acelerado, estimando-se uma taxa de variação homóloga de 7,8% em julho.

A variação mensal estimada do IPC é -0,6% em julho, depois de em junho, o valor apurado ter sido de 0,1% e em julho de 2017 -0,7%, e a variação média dos últimos doze meses foi de 1,1%, o mesmo valor registado no mês precedente.

Em relação ao Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) português, a estimativa do INE aponta para uma variação homóloga de 2,2%, contra um valor observado em junho, de 2,0%.

Os dados definitivos referentes ao IPC do mês de julho serão publicados no próximo dia 10 de agosto.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Créditos ruinosos da Caixa nas mãos do Ministério Público

A330-900 neo

A330 neo. Associação de pilotos quer ouvir especialistas na Holanda

(REUTERS/Rafael Marchante)

2019 a caminho de ser o melhor ano de sempre da Autoeuropa

Outros conteúdos GMG
Inflação homóloga acelera para 1,6% em julho, segundo estimativa do INE