Brexit: Comissão Europeia vê avanços, mas diz que ainda há muito a fazer

Progressos no acordo pós-brexit fazem-se sentir, mas a "pressão dos prazos é muito alta", afirma Von der Leyen.

As negociações entre a União Europeia (UE) e o Reino Unido relativamente à sua relação pós-brexit registaram avanços nos últimos dias. No entanto, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, afirmou esta sexta-feira que o caminho para se chegar a um acordo ainda é longo, avança a AFP, agência de notícias francesa.

"Depois de semanas difíceis, com avanços bastante lentos, vimos progressos nos últimos dias, mais movimento em assuntos importantes", declarou Von der Leyen em entrevista coletiva, esclarecendo que "ainda há muito trabalho" pela frente para fechar o acordo este ano.

Von der Leyen disse ainda que os três principais pontos de desacordo - direitos de pesca, gestão legal do brexit e auxílio estatal - permanecem sem solução.

Nesta quinta-feira, dia 19 de novembro, as conversas diretas entre os dois principais negociadores - o francês Michel Barnier e o britânico David Frost - que se realizaram em Bruxelas, tiveram de ser interrompidas por um caso de covid-19 na equipa europeia.

A equipa britânica decidiu regressar a Londres nesta sexta-feira, e as negociações serão retomadas à distância, através de plataformas digitais, a partir da próxima semana.

Qualquer possível acordo sobre o funcionamento da relação comercial entre a UE e o Reino Unido a partir de 2021 deve ser selado e ratificado antes de 31 de dezembro, quando termina o período de transição estabelecido após a retirada formal de Londres.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de