EUA quer manter relações "incrivelmente estreitas" com futuro governo alemão

Os EUA declararam na quarta-feira que esperam relações "incrivelmente estreitas" com o novo governo alemão, que vai nascer de uma coligação entre social-democratas, ecologistas e liberais.

"Estamos impacientes por trabalhar com o novo governo alemão sobre os nossos objetivos de revitalização da parceria transatlântica, de reforço da cooperação com os aliados no seio da NATO e de ambição renovada das nossas relações com a União Europeia", disse um porta-voz do Departamento de Estado à AFP.

O governo de Joe Biden exibia uma grande proximidade com o Executivo da chanceler Angela Merkel, menorizada durante os anos de Donald Trump na Casa Branca.

A dirigente conservadora vai sair do cargo para dar lugar a um chanceler social-democrata, Olaf Scholz.

"A Alemanha é um dos aliados mais leais dos EUA", disse o porta-voz da diplomacia dos EUA, evocando as relações fundadas "em valores partilhados de liberdade, democracia, direitos humanos e Estado de Direito".

Em síntese, declarou: "Esperamos firmemente que as relações entre os DUA e a Alemanha permaneçam incrivelmente estreitas e concretas".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de