Volume de negócios do Grupo Capgemini sobe 20% para 4.271 ME no 1.º trimestre

"A melhoria foi patente em todas as geografias e setores de atividade", refere a empresa em comunicado, defendendo que o grupo está "muito bem posicionado nos segmentos da 'cloud' e da gestão dos dados - os principais motores da evolução da tecnologia e das empresas nos próximos anos".

O grupo Capgemini obteve um volume de negócios de 4.271 milhões de euros no primeiro trimestre, mais 20,4% a taxas de câmbio correntes e 24,2% a taxas de câmbio constantes face ao mesmo período de 2020.

Num comunicado hoje divulgado, a empresa afirma que as regiões América do Norte (28% do volume de negócios do grupo) e resto da Europa (31% do volume de negócios do grupo) regressaram ao crescimento no primeiro trimestre de 2021.

O ritmo de crescimento acelerou também nas regiões Ásia-Pacífico e América Latina (7% do volume de negócios do grupo), e no Reino Unido e Irlanda (12% do volume de negócios do grupo) onde os valores alcançaram taxas de dois dígitos, adianta o comunicado.

Por último, a atividade na região de França (22% do volume de negócios do grupo) prosseguiu a sua recuperação gradual, embora tenha registado uma retração face ao mesmo período de 2020.

Segundo o CEO (Chief Executive Officer) do grupo Capgemini, Aiman Ezzat, citado no comunicado, "o volume de negócios foi mais forte do que o esperado e alcançou valores superiores" aos registados antes da atual crise sanitária, sustentado por um mercado "mais dinâmico, mas também, e sobretudo, pelo ritmo acelerado do ritmo da implementação da estratégia" da empresa.

"A melhoria foi patente em todas as geografias e setores de atividade", referiu Ezzat, defendendo que o grupo está "muito bem posicionado nos segmentos da 'cloud' e da gestão dos dados - os principais motores da evolução da tecnologia e das empresas nos próximos anos".

Em relação às perspetivas para este ano, Ezzat prevê que o crescimento do grupo deverá situar-se acima do previsto.

Recentemente o grupo criou a nova marca ​​​​​​​Capgemini Engineering, "que reúne um conjunto único de competências de engenharia e de I&D de ponta e que complementa na perfeição o portfólio das ofertas do grupo, reforçando ainda mais a posição de liderança no segmento da Indústria Inteligente", referiu Ezzat.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de