Imobiliário

Investimento em casas de luxo em Portugal fica aquém da média europeia

(Fotografia: Gonçalo Villaverde/ Global Imagens)
(Fotografia: Gonçalo Villaverde/ Global Imagens)

Lisboa, Cascais e Porto são os destinos mais procurados por quem investe em casas de luxo.

A venda de casas de luxo em Portugal está em alta, mas nem todos os investidores estão dispostos a pagar os milhões que pedem por elas.

Segundo o portal LuxuryEstate.com, na hora de comprar um imóvel de luxo em solo nacional, os investidores estão dispostos a pagar em média 2,2 milhões de euros. No resto da Europa, o montante disponível sobe para 3,5 milhões de euros.

Numa nota enviada esta sexta-feira, o portal especializado em casas de luxo informa que uma propriedade deste segmento em Portugal custa em média 2,9 milhões de euros. Ou seja, as casas “valem mais do que aquilo que os compradores estão dispostos a pagar”.

Brasileiros, espanhóis e franceses estão no topo da tabela de compradores. Lisboa, Cascais e Estoril, Loulé, Lagos e Porto são os destinos preferidos destes investidores.

Mas os portugueses também procuram casas de luxo no estrangeiro. Os dados de 2018 da LuxuryEstate.com concluem que Canadá, Austrália, Itália e Brasil são os países preferidos dos investidores nacionais.

Em 2018 foram vendidas cerca de 180 mil casas em Portugal. Nos primeiros nove meses do ano passado, foram registadas mais de 132 mil transações, que movimentaram perto de 18 mil milhões de euros. O valor médio dos negócios cresceu 9% face a 2017 para 135 mil euros.

Citado na mesma nota, o fundador da LuxuryEstate.com, Silvio Pagliani, detalha que julho e setembro foram os meses de maior procura por imóveis de luxo, e que as previsões para os próximos anos são otimistas.

“Antevemos a continuação de uma procura forte por parte de compradores e investidores nacionais e internacionais. O ano de 2019 espera-se que seja um ano de crescimento para Portugal assente num mercado maduro e de referência no setor de luxo (…) Em janeiro já obtivemos melhores resultados que num dos melhores meses do ano passado”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Fotografia: João Manuel Ribeiro/Global Imagens

Número de desempregados é o mais baixo dos últimos 28 anos

Cristina Casalinho, presidente do IGCP. Fotografia: Diana Quintela / Global Imagens

Portugal garante juros mais negativos em emissão de 1250 milhões

Presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi. REUTERS/Francois Lenoir

Draghi atira juros para mínimos históricos e abre guerra com Trump

Outros conteúdos GMG
Investimento em casas de luxo em Portugal fica aquém da média europeia