Investimento

Investimento em investigação e desenvolvimento sobe para 1,33% do PIB em 2017

Alexandre Fonseca, CEO da Altice Portugal com a robot Sofia

(Filipe Amorim / Global Imagens)
Alexandre Fonseca, CEO da Altice Portugal com a robot Sofia (Filipe Amorim / Global Imagens)

O investimento em I&D atingiu 1,33% do PIB em 2017, num setor repartido principalmente entre empresas e universidades.

Os resultados são provisórios e foram divulgados no Inquérito ao Potencial Científico e Tecnológico Nacional, da Direção-Geral de Estatísticas de Educação e Ciência.

Em 2017 foram investidos 2.563 milhões de euros em Instigação e Desenvolvimento, incluindo recursos humanos, e o número de investigadores aumentou para 8,5 por cada mil habitantes, enquanto no ano anterior era de oito por mil.

No total, há 10,4 pessoas por mil habitantes a trabalhar no setor, indicam os números divulgados.

Da despesa total investida, 51% foi feita pelo setor das empresas, seguindo-se o ensino superior, com 43%.

As empresas garantiram a maior parte do aumento em relação a 2016, investindo mais 139 milhões no ano passado, enquanto no Ensino Superior se investiu mais 24 milhões do que em 2016.

O Estado e instituições privadas sem fins lucrativos asseguraram, respetivamente, 5% e 2% do investimento.

É a primeira vez desde 2002 que o investimento privado em I&D supera o investimento público.

De acordo com o Inquérito ao Potencial Científico e Tecnológico Nacional, a empresa que mais investiu foi o grupo Altice Portugal, com 86 milhões de euros, seguindo-se a NOS, Grupo Banco Comercial Português, Hovione Farmaciência e BPI.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ministro das Finanças e presidente do Eurogrupo, Mário Centeno. 
(ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA)

Défice encolhe para os 576 milhões de euros até agosto

Pedro Marques, ministro do Planeamento e das Infraestruturas. Fotografia: Sara Matos / Global Imagens

“Não há ninguém condenado” no caso da compra da VEM

TDT

Anacom quer ver resolvidos problemas da TDT antes da migração para 5G

Outros conteúdos GMG
Investimento em investigação e desenvolvimento sobe para 1,33% do PIB em 2017