Investimento vai continuar a crescer em 2017, diz primeiro-ministro

António Costa esteve hoje em Águeda para a inauguração da nova fábrica do grupo indiano Sakthi, construída no "tempo recorde" de 11 meses.

O primeiro-ministro disse hoje que o investimento vai continuar a crescer em 2017 graças à confiança na economia portuguesa, cuja trajetória "interessa prosseguir". António Costa esteve hoje em Águeda para a inauguração da nova fábrica do grupo indiano Sakthi, construída no "tempo recorde" de 11 meses.

"Este investimento é um excelente exemplo que sinaliza um momento de viragem na economia do país. Durante 2016 houve um aumento de mais de 6% do investimento empresarial e os dados que conhecemos de 2017, quer pela importação de máquinas e equipamentos, quer pela venda de cimento, indiciam que em 2017 está a prosseguir o crescimento do investimento", disse.

O crescimento deve-se, segundo o primeiro-ministro, "sobretudo ao reforço da confiança na economia, que atingiu no mês passado níveis recorde desde o ano 2000". Este reforço traduz-se "em mais investimento, mais procura interna, mais exportação e, sobretudo, em 100 mil postos de trabalho criados ao longo de 2016", frisou.

A nova fábrica da Sakthi, destinada ao fabrico de componentes em ferro para automóveis, resulta de um investimento na ordem dos 36,7 milhões de euros, concretizado após a celebração de um contrato de concessão de incentivos com a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP). Na primeira fase foram criados 135 novos postos de trabalho, 40 dos quais qualificados.

A produção da nova unidade destina-se quase na totalidade ao mercado externo, sendo cerca de 90% exportada para a Alemanha, Espanha, Eslováquia, Reino Unido e República Checa. O governo estima que o projeto alcance, em 2016, um valor acrescentado bruto de cerca de 115,8 milhões de euros.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de