Impostos

IRS: Faça as contas à sobretaxa

Dinheiro

Os trabalhadores dependentes e pensionistas fazem retenção na fonte da sobretaxa todos os meses, mas podem ter ainda de ser chamados a pagar mais.

A sobretaxa entrou em 2016 com taxas diferenciadas consoante o escalão de rendimento de cada contribuinte. Ou seja, deixou de ser ‘flat’ (de 3,5% para todos) e passou a ter valores mais baixos para quem menos ganha e mais altos para os que contam com remunerações ou pensões mais elevadas.

Esta mudança, levou a que pela primeira vez em 2016 tivessem sido criadas tabelas de retenção na fonte para a sobretaxa. À partida, estas tabelas foram desenhadas para acomodar o que cada trabalhador por conta de outrem e pensionistas deve, mas só com a entrega da declaração anual do IRES, que está agora a decorrer, é que as contas ficam fechadas.

À partida, quem está nas categorias A e H não deverá ter sobressaltos, mas deve contar com algum pagamento adicional caso tenha auferido outros rendimentos, nomeadamente ter passado recibos verdes.

É que o trabalhador independente pode fazer retenção na fonte (ou tem de faze-lo quando ultrapassa os 10 mil euros anuais), mas não consegue fazer descontos para a sobretaxa. Esta é apenas ‘faturada’ pelo fisco com a entrega do IRS.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O presidente do Novo Banco, António Ramalho, conversa com Teresa Leal Coelho (ausente da foto), presidente da Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa, durante a audição na Assembleia da República, Lisboa, 21 de março de 2019.  ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Ramalho: “DG Comp não tem particular simpatia pelos bancos portugueses”

António Tomás Correia, presidente da Associação Mutualista Montepio Geral

( Gustavo Bom / Global Imagens )

ASF inicia processo de avaliação da idoneidade de Tomás Correia

Rodrigo Costa, CEO da REN Fotografia: MÁRIO CRUZ/LUSA

Rodrigo Costa: “Já pagámos 127,5 milhões” de CESE

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
IRS: Faça as contas à sobretaxa