IRS: Pais separados podem começar a dividir as despesas

Entrega do IRS pela net a 1 de abril
Entrega do IRS pela net a 1 de abril

Era uma reivindicação antiga mas só agora foi acolhida pelo
fisco. Os pais separados mas que partilham a tutela dos filhos vão
poder passar a deduzir ao seu IRS metade das despesas com o
dependente e também 50% da dedução específica.

Esta novidade só vai ter aplicação prática na entrega das
declarações de 2013 e permitirá acabar com as soluções
improvisadas a que recorriam muitos pais, nomeadamente, tal como
refere a Deco da edição de Março da Dinheiro&Direitos
dividindo os filhos pelas duas casas. Um solução apenas adaptável
quando o número de dependentes é par e que acabava por criar
injustiças.

Os pais separados em que apenas um detém a tutela devem ainda
contar com outra mudança quando entregaram a declaração de IRS em
2013. O que paga a pensão de alimentos vai poder continuar a abater
ao seu imposto 20% do valor pago, mas em vez do limite mensal
atualmente em vigor (1048 euros), o fisco apenas considerará 419,22
euros.

Já o progenitor que recebe, terá de continuar a indicar na sua
declaração, no campo destinado a rendimentos de pensões, a
totalidade do valor pago.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Mário Centeno, ministro das Finanças e presidente do Eurogrupo. Fotografia: EPA/STEPHANIE LECOCQ

Peso da despesa com funcionários volta a cair para mínimos em 2020

26/10/2019 ( Nuno Pinto Fernandes/ Global Imagens )

Conselho de Ministros aprovou Orçamento do Estado

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República portuguesa. Foto: REUTERS/Benoit Tessier

OE2020: PR avisa que é preciso “ir mais longe” em matérias como a saúde

Outros conteúdos GMG
IRS: Pais separados podem começar a dividir as despesas